Tamanho do texto

Patrick Vieira, defendeu o Arsenal entre 1996 e 2005, ganhou três títulos da Premier League, outros três da FA Cup e pode voltar ao clube como treinador

Não é de hoje que a torcida do Arsenal pede a saída do treinador da equipe. Há 22 anos no comando do time londrino, nunca Arsene Wenger esteve mais na corda bamba do que neste momento. 

Leia também: Time ideal do Inglês é divulgado sem brasileiros e com domínio do City

Patrick Vieira com a camisa do Arsenal
Reprodução
Patrick Vieira com a camisa do Arsenal

Isso se dá pelas recentes campanhas na Premier League em nas competições internacionais. Na temporada passada, a equipe nem conseguiu se classificar para a Liga dos Campeões. Neste ano, o Arsenal pode até ficar de fora da Liga Europa.

O treinador francês renovou contrato recentemente até o final da temporada 2018/19. No entanto, tanto o clube quanto o técnico podem encerrar esse vínculo, seja de forma amistosa, como deve ser pelo bom relacionamente entre ambas as partes, ou através de uma multa.

Se Wenger deixar o Arsenal, a diretoria já tem seus nomes favoritos para comandar o time e tentar retomar os grandes momentos que o clube viveu nas últimas décadas. Dois italianos são os mais cotados: Massimiliano Allegri, atual treinador da Juventus, e Carlo Ancelotti, que está sem clube no momento. Além deles, o brasileiro Leonardo Jardim, do Monaco, também está na briga.

Leia também: Treinador do Liverpool: "Vamos treinar nus. Eles só estão olhando para o Salah"

O possivel retono de um ídolo

No entanto, um outro nome vem surgindo por fora nesta corrida, mas vem ganhando forças nos últimos dias. Um dos maiores ídolos do Arsenal, o ex-volante Patrick Vieira já conquistou muito títulos no clube e porte retornar para tentar ampliar a sua coleção. Atuando entre 1996 e 2005, ganhou três títulos da Premier League e outros três da FA Cup.

Leia também: Jogadores do Barcelona culparam treinador após derrota para a Roma, diz jornal

Atualmente, Vieira comando o New York City FC, da MLS. Após ter sido treinador na categoria de Base do manchester city, o ex-jogador foi para os estados Unidos para iniciar esta nova fase na sua carreira. Assim, uma chance no arsenal seria um grande salto na carreira do francês, que poderia mostrar se está pronto para sua nova profissão. 

    Leia tudo sobre: Futebol

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.