Tamanho do texto

Lateral esquerdo ficou mais valorizado depois de ter sido chamado para integrar a seleção brasileira nos amistosos diante da Rússia e Alemanha

Ismaily, lateral brasileiro do Shakhtar Donetsk, foi chamado por Tite
Site oficial
Ismaily, lateral brasileiro do Shakhtar Donetsk, foi chamado por Tite

A convocação de Ismaily na seleção brasileira nos amistosos contra a Rússia e Alemanha deu o que falar. Aos 28 anos de idade, o lateral esquerdo do Shakhtar Donetsk foi o chamado por Tite para substituir o lesionado Alex Sandro. Apesar de não ter entrado em campo em nenhuma das duas partidas, viu seu nome ser valorizado e cotado na Inglaterra e na China.

Leia também: Convocação de Ismaily para amistosos da seleção gera alvoroço na internet

De acordo com o blog Ora Bolas , tanto um clube inglês quanto um chinês manifestaram interesse em terem o brasileiro. No entanto, o Shakhtar Donetsk não economizou na pedida e já definiram um valor mínimo para venderem Ismaily . Segundo a publicação, a diretoria ucraniana só avança uma negociação com pelo menos 20 milhões de euros, o equivalente a R$ 81,5 milhões.

Nascido em Ivinhema, no Mato Grosso do Sul, Ismaily iniciou sua carreira como jogador profissional em 2008, no Ivinhema Futebol Clube, atuando como atacante - no seu ano de estreia como profissional, marcou 11 gols no campeonato estadual e ainda foi campeão. Depois ainda passou por Desportivo Brasil - onde iniciou sua trajetória como lateral esquerdo, a pedido do treinador do clube naquela época - e São Bento, até ser negociado com o Estoril, de Portugal. Em terras lusas ele ainda defendeu as cores de Olhanense e Braga. Em 2013, foi contratado pelo Shakhtar Donetsk , da Ucrânia.

Leia também: Vegano, reikiano e tradutor para prostituta, o lateral brasileiro fora do padrão

Comunicado da CBF para  convocação do jogador

Ismaily em ação pelo Shakhtar na Liga dos Campeões da Europa
Divulgação
Ismaily em ação pelo Shakhtar na Liga dos Campeões da Europa

Ismaily substituirá Alex Sandro. O atleta da Juventus (Itália) queixou-se de um desconforto após o primeiro treino da Seleção em Moscou. Acompanhado do médico da Seleção, Rodrigo Lasmar, realizou exames na noite de ontem e foi constatada uma lesão muscular na coxa direita que o impossibilita de se recuperar a tempo para os jogos contra Rússia e Alemanha.

Leia também: Ele deixou a carreira de jogador de futebol de lado para virar ator pornô

Dentre as observações in loco da comissão técnica, Ismaily foi acompanhado pelo técnico  Tite  e pelo coordenador Edu Gaspar em dezembro de 2017 e pelos analistas Fernando Lázaro e Matheus Bachi em fevereiro deste ano.

Clique e baixe o 365Scores para ter resultados, dados, notícias, tempo real, vídeos e muito mais


    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.