Tamanho do texto

Bruno Boban levou uma bolada no peito e minutos depois, caiu no chão do gramado; jogador não resistiu e morreu dentro de campo

Bruno Boban, jogador do Marsónia, faleceu no gramado após levar uma bolada
Reprodução
Bruno Boban, jogador do Marsónia, faleceu no gramado após levar uma bolada

O futebol da Croácia está de luto. Bruno Boban , de 25 anos de idade, morreu neste último sábado (24), após entrar em colapso no meio de uma partida do Marsónia contra o Pozaga Slavonija, pela 3ª divisão do Campeonato Croata . De acordo com a imprensa local, antes de desmaiar, o jogador tinha levado uma bolada no peito.

Leia também: Jogador do Leipzig é multado em R$ 1 milhão por apresentar documento falso

De acordo com informações do jornal Marca , após o chute recebido, ele ainda caminhou por alguns metros antes de cair no chão. Em seguida, uma ambulância entrou no gramado para socorrê-lo, no entanto, após 40 minutos de tentantiva, os paramédicos não conseguiram salvar a vida do jogador .

Assista o vídeo:




Leia também: "Palmeiras não tem Mundial por culpa minha", diz Marcos em entrevista polêmica

Luto

"Todos os jogadores do Marsónia, membros da diretoria e funcionários do clube expressasm profundas condolências à família da família por esta perda trágica. Bruno, que Deus proteja a sua alma", escreveu o clube nas redes sociais, lamentando a morte do seu atleta. Bruno é irmão de Gabriel Boban, jogador do Osijek, da primeira divisão do futebol croata e também parente de Zvonimir Boban, ex-jogador do Milan.

Bruno, počivao u miru... Iskrena sućut obitelji Boban, kao i svim njegovim prijateljima i suigračima.🙏🏻

Uma publicação compartilhada por Mario Mandžukić MM 17 (@mariomandzukic_official) em

"Bruno descansou em paz. Meus sentimentos aos familiares, amigos e colegas de equipe", escreveu Mario Mandzukic, jogador da Juventus e da seleção da Croácia .

Leia também: Jogador comete falta criminosa no técnico rival e é expulso. Sim, no técnico

"Não perdi apenas um jogador. Perdi um filho. Houve tentativas com massagem cardíaca e respiração artificial. Ele chegou a voltar em um momento, mas não pudemos salvá-lo. Todos no clube estão tristes e chorando", disse Robert Spehar, técnico do Marsónia .

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.