Tamanho do texto

Funeral em Florença reuniu milhares de torcedores e contou com a presença do elenco da Fiorentina, Buffon, Balotelli e outras personalidades do esporte

Funeral de Davide Astori reúne milhares na  Basílica de Santa Croce
Reprodução
Funeral de Davide Astori reúne milhares na Basílica de Santa Croce

Milhares de pessoas se reuniram nesta quinta-feira (8), na Basílica de Santa Croce, em Florença, para dar o último adeus ao zagueiro Davide Astori. Aos 31 anos de idade, o capitão da Fiorentina foi encontrado morto no último domingo (4) por parada cardíaca. A morte inesperada do atleta em um quarto de hotel comoveu o futebol mundial .

Leia também: Balotelli detona declaração de Daniel Alves sobre Davide Astori: "Não deveria ter dito essa m****"

"Estamos aqui para rezar por Davide, nesta basílica que a Itália queria que fosse o santuário dos homens mais ilustres que a honraram e que protege a virtudes mais elevadas do nosso povo", afirmou o cardeal Giuseppe Betori, arcebispo de Florença, ao iniciar a cerimônia. No mesmo local do funeral de Astori , estão sepultados Michelangelo, Nicolau Maquiavel e Gaileu Galilei. "Essas virtudes reconhecemos em Davide e por isso o saudamos neste lugar", completou.

A cerimônia teve início às 10h do horário local e contou com a presença de familiares, amigos e diversas personalidades do futebol italiano. Dentre os presentes do esporte, estavam o goleiro da Juventus, Ginaluigi Buffon, o atacante do Nice Mario Balotelli, além de todo o time da Fiorentina e vários jogadores do país.

Leia também: Fiorentina e Cagliari aposentam camisa 13 após morte de Davide Astori

Elenco da Fiorentina vai ao funeral do capitão da equipe, Davide Astori
Reprodução
Elenco da Fiorentina vai ao funeral do capitão da equipe, Davide Astori

Na Igreja de Florença também estiveram presentes o ministro do Esporte da Itália, Luca Lotti; o presidente do Comitê Olímpico Italiano (Coni), Giovanni Malagò; o comissário extraordinário da Federação Italiana de Futebol (Figc), Roberto Fabbricini, seu vice Alessandro Costacurta; e o ex-comissário técnico Gian Piero Ventura. O ex-primeiro-ministro da Itália Matteo Renzi também participou da homenagem, assim com o prefeito de Florença, Dario Nardella, e o presidente do Conselho Regional da Toscana, Eugenio Giani.

A movimentação dos torcedores nas proximidades do local do funeral começou com até três horas de antecedência. Um cortejo levou o caixão com o corpo de Astori até a Igreja e durante todo o trajeto, o atleta italiano foi aplaudido pelos fãs. Depois do fim da cerimônia, Astori será levado para a província de Bérgamo, onde acontecerá o seu enterro.

Leia também: Fiorentina honra acordo verbal com Astori e família ganhará R$18 milhões

A morte

Astori foi encontrado morto em um quarto de hotel em Údine, onde a Fiorentina se concentrava para uma partida contra a Udinese pelo Campeonato Italiano . Segundo a autópsia, o zagueiro teve "morte cardíaca sem evidencia macroscópica". Os médicos acreditam que seu coração tenha sofrido uma redução dos batimentos, até parar, segundo informado na autópsia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.