Tamanho do texto

Médicos disseram que o coração do jogador sofreu redução dos batimentos até parar, por causas naturais. Funeral deve ser realizados em breve

O ex-jogador italiano Davide Astori morreu por "causas naturais", segundo um laudo da autópsia divulgado nesta terça-feira. O documento cita "morte cardíaca sem evidência macroscópica, provavelmente em base bradiarrítmica, com congestionamento politrópico marcado e edema pulmonar".

Leia também: Fiorentina e Cagliari aposentam camisa 13 após morte de Davide Astori

Divulgação/Ansa
"Tchau, capitão": Homenagens de torcedores da Fiorentina para Davide Astori

Aos 31 anos, Davide Astori , então capitão do Fiorentina foi encontrado morto no último domingo , dentro de um quarto no hotel em Udine, na Itália, onde seu time estava reunido para disputar um jogo da série A do Campeonato Italiano, contra a Udinese.

A autópsia, que durou cerca de três horas, foi acompanhada pelo diretor do Centro de Patologia Vascular da Universidade de Padova, Gaetano Thiene, e pelo professor da Universidade de Udine Carlo Moreschi.

Leia também: Pep Guardiola é multado pela FA por protesto em apoio a presos políticos

Segundo os médicos, o coração do jogador teria sofrido uma redução dos batimentos até parar, por causas naturais. Para mais detalhes e um parecer definitivo, serão necessários 60 dias. O laudo também concluiu que não existe nenhum obstáculo para o enterro do italiano e a família foi autorizada a prosseguir com o velório e funeral.

Homenagens

Diversas personalidades esportivas realizaram homenagens a Astori pelas redes sociais, como o goleiro Buffon.

"Eu quase não expresso publicamente nenhum pensamento sobre uma pessoa, mas no seu caso, sinto que estou fazendo uma exceção à minha regra. Você tem uma jovem esposa e familiares que estão sofrendo, mas especialmente sua pequena garota, que merece saber que seu pai era em todos os aspectos uma pessoa PERFEITA", escreveu o goleiro da juventus.

"Você era a melhor expressão de um mundo antigo e superado, em que valores como altruísmo, elegância, educação e respeito pelo próximo eram comuns. Parabéns, de fato, você foi uma das melhores figuras esportivas em que encontrei", acrescentou.

O zagueiro do Milan e companheiro de Astori na seleção italiana, Leonardo Bonucci, também prestou sua homenagem relembrando alguns dos momentos que ambos passaram juntos. "Uma pessoa leal, honesta e humilde", descreveu.

Leia também: Jogador é flagrado fazendo xixi em árvore durante treino; assista o vídeo

Outras personalidades, como o ex-zagueiro Paolo Maldini, o atacante Paulo Dybala e o ex-meio-campista Andrea Pirlo, também enviaram mensagens de condolências. O Empoli, um dos maiores rivais da Fiorentina, deixou a rivalidade para trás e prestou uma homenagem ao capitão da Viola.

Para dar adeus a Astori, centenas de torcedores do Fiorentina se reuniram na frente do Estádio Artemio Franchi , em Florença, e fizeram uma procissão.

O zagueiro tinha 31 anos de idade e se profissionalizou em 2006, no Milan. Ao longo da carreira, vestiu as camisas do Cagliari e da Roma, além de ter defendido a seleção italiana em 14 partidas. Desde 2015 na Fiorentina, Davide Astori disputou 91 partidas e anotou três gols pelo clube italiano. Depois disso, após a saída de Gonzalo Rodríguez, em 2017, virou capitão.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.