undefined
Reprodução
Neymar se machuca durante clássico do PSG contra o Olympique de Marselha

O Paris Saint-Germain recebeu Olympique de Marselha neste domingo (25) pela 27ª rodada do Campeonato Francês no Parc des Princes. Mas um incidente tirou o principal jogador da equipe da capital. Aos 34 minutos do segundo tempo, enquanto o time da casa já vencia o clássico por 3 a 0, Neymar se machucou.

Leia também: Ronaldinho exalta Neymar na seleção brasileira: "É o nosso maior ídolo" 

Tudo aconteceu durante uma disputa de bola com Bouna Sarr, do Marselha. Sozinho, Neymar pisou errado e torceu o tornozelo direito. Logo em seguida, o camisa 10 já começou a gritar e colocou as mãos no rosto. Com fortes dores, ele não se levantou e precisou ser retirado dos gramados em uma maca.

O treinador Unai Emery e o dono do PSG , Nasser Al-Khelaifi, demonstraram bastante preocupação. O brasileiro foi um dos destaques dentro de campo durante a partida. Neymar participou da segunda marcação, quando finalizou mas a bola desviou em Rolando, que marcou gol contra. Além disso, foi responsável pelo passe para Cavani marcar o terceiro e fechar o placar.

Leia também: Neymar vai para o Real Madrid em julho de 2019, diz jornal catalão

Tensão no ar

undefined
Reprodução
Neymar deixou os gramados do Parc des Princes em uma maca

O incidente aconteceu justamente enquanto o PSG está próximo de um confronto decisivo contra o Real Madrid, no dia 6 de março, no jogo de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões. Com dois gols de Cristiano Ronaldo e um de Marcelo, Real venceu o time francês por 3 a 1. Com vantagem, os merengues podem até perder jogo de volta.

Leia também: "Neymar exagera na encenação e vê-lo jogar pela TV me irrita", afirma adversário

A cena do camisa 10 deixando o campo em uma maca fez com que muitos relembrassem o episódio na Copa do Mundo de 2014, quando o jogador fraturou a vértebra após batida de Zúñiga em partida pelas quartas de final contra a Colômbia. Em uma recente entrevista descontraída com o zagueiro espanhol Gerard Piqué para o site  The Players Tribune , o atacante relembrou a situação e revelou o que se passou na cabeça após a lesão. 

"Quando ele me atacou, senti uma reação. Mas eu tentei me levantar. Eu estava com muita dor e eu me lembro que minha cabeça estava no chão", lembrou Neymar. "Mas eu não conseguia levantar as pernas. Não conseguia mexer minhas pernas. E o médico me tirou e comecei a chorar. Porque estava doendo muito e eu não sentia nada, não sentia minhas pernas. Então fui para o hospital do estádio. Eles me deixaram lá", acrescentou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários