undefined
Reprodução
Companheiros de equipe de Cristiano Ronaldo no Real Madrid tentam fazer com que o português fique no time

Os rumores da saída de Cristiano Ronaldo do Real Madrid e o mal-estar que circula entre o jogador e a diretoria do clube afetou demais atletas. Segundo informações do jornal espanhol As , companheiros de equipe do português organizaram um jantar para tentar convencê-lo de permanecer no time.

LEIA TAMBÉM: PSG se prepara para tentar trazer Cristiano Ronaldo por valor astronômico

A ideia do encontro partiu do capitão do Real , Sergio Ramos. Além do zagueiro e de CR7, estavam também o lateral esquerdo brasileiro Marcelo, o meia Luka Modric e as respectivas mulheres de cada um dos jogadores. Para completar o jantar, estava Dolores Aveiro, mãe do cinco vezes melhor jogador do mundo.

De acordo com o jornal Marca , a reunião aconteceu na própria casa de Cristiano Ronaldo e teria sido ainda, incentivado por Florentino Pérez, presidente do clube espanhol. O dirigente elegeu o capitão como intermediário para que conversasse e descobrisse com precisão, o que quer o português para a próxima temporada. Marcelo também teria um papel fundamental nas conversas e tentativas de convencer CR7 . O brasileiro é um dos amigos mais próximos do craque português, que parece descontente na equipe comandada por Zidane.

LEIA TAMBÉM: Messi e CR7? "Na minha geração o nível era muito maior que agora", diz Ronaldo Fenômeno

Torcedores aprovam saída

A imprensa espanhola alega ser esta a pior fase de Cristiano Ronaldo desde que o português chegou ao Real Madrid, no ano de 2009. E os números não deixam mentir, na temporada 2017/2018 do Campeonato Espanhol , segundo o jornal As , foram apenas quatro gols em 1156 minutos. Ou seja, apenas uma marcação a cada 289 minutos. O registro ainda superou o da última temporada, que fechou em um gol a cada 102 minutos.

LEIA TAMBÉM: Cristiano Ronaldo ironiza pedido de prisão do fisco e afirma que já está preso

O baixo desempenho de Cristiano Ronaldo dentro de campo fazem com que a torcida crie uma insatisfação com o craque. O mesmo periódico espanhol realizou uma enquete online na qual os internautas votavam se queriam ou não que o atacante permanecesse no Real Madrid. Das 125 mil pessoas que participaram, 67,5% delas votaram optaram pelo "não".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários