Tamanho do texto

Marlos, no Shakhtar Donetsk desde 2014, também ganhou prêmio de gol mais bonito, marcado na final da Copa da Ucrânia, contra o Dínamo

O meia Marlos, ex-Coritiba e São Paulo, e hoje no Shakhtar Donetsk , foi eleito o melhor jogador da Ucrânia pela Federação Ucraniana de Futebol. Ele superou Yarmolenko, do Borussia Dortmund, e seu colega de equipe e compatriota Fred. A votação contou com a opinião de todos os jogadores e treinadores do campeonato nacional.

Leia também: Real Madrid decide no primeiro tempo e goleia Sevilla com dois de CR7

Marlos está no Shakhtar Donetsk desde 2014/15 e conquistou seis títulos
Divulgação
Marlos está no Shakhtar Donetsk desde 2014/15 e conquistou seis títulos

Fora isso, por conta de um gol marcado na decisão da Copa da Ucrânia contra o arquirrival Dinamo de Kiev, no dia 17 de maio,  Marlos levou o prêmio de gol mais bonito de 2017. Na ocasião, o camisa 11 dominou com estilo um chute do goleiro Pyatov, conduziu a bola com muita técnica para a meia-lua e bateu, de chapa, com extrema categoria, sem chances para o goleiro adversário, garantindo o título para o Shakhtar (assista abaixo).

“É sempre muito bom receber esses prêmios porque é sinal de que estou fazendo um bom trabalho. Agradeço também a todos meus companheiros e a comissão técnica. Sem eles não teria conseguido nada disso. Sobre o gol, fico feliz pela escolha, ainda mais pela importância que ele teve, já que nos deu um título contra nosso maior rival. Agora é seguir trabalhando para ajudar o Shakhtar na sequência da temporada”, afirmou.

Leia também: Cristiano Ronaldo sobre seu filho: "Diz que será melhor que eu"

Em 2017, Marlos entrou em campo 41 vezes pelo Shakhtar, marcou 12 gols e deu nove assistências. Além disso, o brasileiro, que conquistou neste ano três dos seis títulos que já comemorou no clube (Campeonato Ucraniano, Copa da Ucrânia e Supercopa da Ucrânia), ainda teve seu trabalho reconhecido no país e aceitou se naturalizar para defender a seleção comandada por Shevchenko.

O treinador, inclusive, foi quem entregou o prêmio de melhor jogador ao brasileiro. “Para mim é uma honra ter recebido esse prêmio das mãos de um grande ídolo como o Shevchenko. Sou muito agradecido a ele por ter me dado essa oportunidade de defender a Ucrânia. Ele foi um grande jogador e já vem mostrando ser um excelente técnico”.


Conquistas

Desde que chegou ao Shakhtar, na temporada 2014/15, Marlos coleciona uma série de prêmios individuais. Em 2016, o meia fez parte da seleção do futebol ucraniano e também foi considerado pela Federação Ucraniana de Futebol o melhor jogador estrangeiro. Além disso, ganhou em votação no site oficial do clube como o principal nome da equipe e ainda foi eleito o grande futebolista do ano pelo jornal esportivo Komanda, um dos mais influentes da Ucrânia. Em 2015/16, ainda fez parte da equipe ideal da Liga Europa.

Leia também: "A Itália merecia estar na Copa do Mundo de 2018", lamenta Cristiano Ronaldo

No Shakhtar, Marlos já realizou 152 partidas, deixou a sua marca 35 vezes, serviu seus companheiros em 35 ocasiões e conquistou seis títulos: Campeonato Ucraniano (2017), Copa da Ucrânia (2016 e 2017) e Supercopa da Ucrânia (2014, 2015 e 2017).

    Leia tudo sobre: futebol