Tamanho do texto

Experiente atacante sueco estreou na competição pelo Manchester United e bateu recorde histórico

Zlatan Ibrahimovic atuou pelo Manchester United na Champions League e bateu recorde na competição
The Sun
Zlatan Ibrahimovic atuou pelo Manchester United na Champions League e bateu recorde na competição

O atacante Zlatan Ibrahimovic mal acabou de se recuperar de uma grave lesão e já bateu um novo recorde. Nesta quarta-feira, o experiente sueco se tornou  o primeiro jogador em toda história a atuar na Liga dos Campeões por sete clubes diferentes. O feito foi alcançado durante a partida entre Manchester United e Basel.

Leia também: Conheça a musa sueca do futebol que é comparada a Ibra em seu país

Aos 36 anos de idade e recém-recuperado de um problema no joelho, Ibrahimovic começou a partida no banco de reservas e o recorde foi quebrado após entrar no jogo aos 29 minutos da segunda etapa.

Na Liga dos Campeões, o campeonato de clubes mais importante da Europa, o carismático jogador atuou pelo Ajax, Juventus, Inter de Milão, Barcelona, Milan, Paris Saint-Germain e, agora, Manchester United. Ibra superou os atacantes Javier Saviola e Nicolas Anelka, que jogaram a competição internacional por seis clubes distintos.

Leia também: Ainda de uniforme, jogador acompanha filho nascer minutos após brilhar em campo

Em campo, o sueco não conseguiu impedir a derrota por 1 a 0 do Manchester United diante do Basel, da Suíça. Mesmo com o resultado negativo, o clube inglês é o líder da chave A com 12 pontos, bem perto de garantir vaga nas oitavas de final.

Fim da hegemonia

Pela primeira vez desde 2007, Ibra não venceu o prêmio Guldbollen, atribuído pela Federação Sueca de Futebol e pelo jornal local Aftonbladet, que elege o melhor jogador da Suécia da temporada e, durante dez anos, pode-se afirmar que não era muito competitivo. Além da década completa do título, o atacante venceu ainda em 2005. No ano seguinte, em 2006, o intervalo foi preenchido por Freddie Ljungberg.

Leia também: Após 10 anos de hegemonia, Ibrahimovic perde prêmio de melhor jogador da Suécia

No entanto, a hegemonia do 11 vezes vencedor do Guldbollen foi quebrada e o prêmio de 2017 foi entregue a Andreas Granqvis. Aos 32 anos de idade, o zagueiro do Krasnodar, da Rússia, herdou também de Ibrahimovic a faixa de capitão da seleção sueca. Além disso, foi um dos protagonistas na classificação do time para a Copa do Mundo de 2018.

    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.