Tamanho do texto

Togolês de 33 anos se destacou jogando no Arsenal, mas conta que a pressão familiar sobre a fortuna ganha na Europa foi prejudicial

O atacante togolês Emmanuel Adebayor ficou conhecido mundialmente por conta das passagens por Monaco, Arsenal, Real Madrid, Manchester City e Tottenham, mas isso, segundo ele mesmo, não foi tão bom. Isso porque a pressão dos próprios familiares sobre o dinheiro acumulado na Europa o fez cogitar o suicídio .

Leia também: "Neymar é muito bom, perfeito, mas tenho os melhores aqui", diz Zidane

Ex-jogador do Real Madrid, Manchester City e outros europeus, Adebayor pensou em suicídio
Divulgação
Ex-jogador do Real Madrid, Manchester City e outros europeus, Adebayor pensou em suicídio

"Por muitas vezes pensei em me matar. Sinto-me mal pelo fato de as coisas terem chegado a este ponto, mas fico aliviado por falar sobre isso" disse Adebayor , que está com 33 anos, em entrevista à revista francesa So Foot . O atacante ainda revelou que muitos parentes o procuram somente para pedir dinheiro, e isso o entristece muito.

"Foi assim quando sofri uma lesão grave no Tottenham. Estava fazendo exames quando me telefonaram para perguntar se eu poderia pagar a escola de uma criança. Isso antes mesmo de perguntarem se eu estava bem", acrescentou.

Leia também: Neymar muda de casa em Paris por 'questões de segurança', diz jornal francês

Por fim, ele ponderou que costuma mudar o número do telefone para que seus familiares não o encontrem. "Tudo se torna difícil de suportar quando você trabalha duro para tirar tua família da pobreza e ainda assim eles se colocam contra você. Disse sempre aos meus irmãos mais novos que somos manipulados pelas nossas famílias", concluiu o atacante.

SEA, life’s short. Smile while you still have teeth 😀🙏🏾🔝#GodFirst KeepMoving #SmileAlways #ToGodBeTheGlory #NoStress #Focus #LifesGood

Uma publicação compartilhada por The Real Adebayor (@e_adebayor) em

Carreira

Leia também: A seleção com 11 bons jogadores que não veremos na Copa do Mundo de 2018

Centroavante alto e com muita força, Emmanuel Adebayor se destacou no Monaco e foi contratado pelo Arsenal em 2006, onde apresentou o seu melhor futebol na Europa. Foi finalista da Liga dos Campeões do mesmo ano, mas não conseguiu ser campeão. Hoje é o camisa 10 do Istanbul Basaksehir, da Turquia.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.