Tamanho do texto

Após dois anos e meio no comando do clube chinês, treinador não renovou contrato e deixa o Guangzhou Evergrande como campeão da Superliga

Felipão é homenageado na China após conquista do título da Superliga do país
Reprodução
Felipão é homenageado na China após conquista do título da Superliga do país

Depois de três temporadas no comando do Guangzhou Evergrande, Luiz Felipe Scolari, o Felipão, se despediu do cargo de treinador do clube. Campeão antecipado da Superliga Chinesa com duas rodadas de antecedência, neste último sábado (5), após a derrota por 2 a 1 para o Tianjin Quanjian, o brasileiro deu adeus ao time chinês.

LEIA TAMBÉM: Após chutar torcedor, Patrice Evra é demitido do Olympique de Marselha

"Obrigado ao Guangzhou Evergrande por ter permitido que viesse à China e a Guangzhou, onde passei dois anos e meio muito agradáveis", disse Felipão . O treinador estava suspenso e não participou da partida. No entanto, no fim do apito, entrou em campo para se despedir da torcida local e também comemorar a conquista do título ao lado de seus jogadores.

Com o Guangzhou Evergrande , o técnico brasileiro conquistou o tricampeonato da Superliga do país e mais outros três títulos domésticos. Além disso, venceu a Liga dos Campeões da Ásia em 2015, quando disputou o Mundial de Clubes contra o Barcelona. Nesta temporada, foram 20 vitórias, quatro empates e seis derrotas.

LEIA TAMBÉM: Thiago Neves fala de vontade de jogar no Corinthians e se justifica no Twitter

Veja foto da conquista:

LEIA TAMBÉM: Ex-jogador gaúcho morre em acidente após bater carro em poste; leia mais

"Agradeço do fundo do meu coração a estes jovens que tenho diante de mim", disse Felipão sobre os jogadores da equipe. O ex-treinador da seleção brasileira não renovou o contrato com o clube, mas ainda não informou qual será seu futuro. No entanto, há possibilidades de ainda prosseguir no comando de algum time da China .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.