Tamanho do texto

Rapaz tentou mudar de setor dentro do estádio e ficou entalado na parede

Torcedor do Boca Juniors fica entalado em uma parede da Bombonera e recebeu ajuda de outros fãs
Twitter/Reprodução
Torcedor do Boca Juniors fica entalado em uma parede da Bombonera e recebeu ajuda de outros fãs

A última rodada do Campeonato Argentino foi muito boa para o Boca Juniors , que goleou o Belgrano por 4 a 0 na Bombonera e se manteve na liderança isolada da competição com 21 pontos conquistados em sete jogos, com campanha 100%. Só um torcedor que não pôde comemorar muito.

Leia também: Conheça advogada "Barbie" que pode ser presidente de tradicional clube argentino

Enquanto o jogo estava sendo disputado, um torcedor do Boca viveu momentos de apuros ao ficar entalado em uma das paredes do estádio de Buenos Aires quando tentava invadir um outro setor. O rapaz, cuja identidade não foi revelada, tentou passar por um buraco e se viu preso, sendo salvo por outros fãs.

Leia também: Modelo paga promessa e faz tatuagem após classificação da Argentina

De acordo com a imprensa argentina, o homem foi tentar passar das arquibancadas, onde ele estava, para o setor de numeradas da Bombonera, local onde o ingresso é mais caro e a visão do campo é melhor. A imagem do "resgate" viralizou nas redes sociais e o rapaz teve apenas ferimentos leves no corpo, como arranhões e alguns hematomas.

Estádio que treme

Recentemente, o ex-atacante argentino Hernán Crespo falou sobre a estrutura da Bombonera, estádio do Boca. Para ele, o local foi mal feito, por isso que treme bastante em dias de jogos.

La Bombonera, estádio do Boca Juniors
Reprodução
La Bombonera, estádio do Boca Juniors

Leia também: Messi tira pílula misteriosa da meia e ingere durante jogo do Barcelona

"Há um vídeo onde você pode ver que a estrutura da Bombonera está se movendo. Muitas vezes misturamos isso com o folclore do futebol e não é assim. O que estamos esperando, que tenha um desabamento? Estamos esperando alguém morrer? Espero que tenha um comitê de segurança para cuidar disso porque, se isso continuar acontecendo, temos que fechar a Bombonera e falar sobre a estrutura e modificá-la, se necessário, para a segurança de todos", disse Crespo eao canal Fox Sports.

"Quando dizem que a La Bombonera treme, é verdade, me lembro quando tinha 18 anos, estava no campo e pensava que eram minhas pernas que estavam tremendo e não, era a torcida. É muito forte, não é fácil", finalizou o aposentado jogador.

Clique e baixe o 365Scores para ter resultados, dados, notícias, tempo real, vídeos e muito mais


    Leia tudo sobre: Futebol