Tamanho do texto

Shota Maminashvili defendia as cores do modesto Zugdidi, time da 2ª divisão da Geórgia

Goleiro Shota Maminashvili morreu após desmaiar no aquecimento de uma partida na Geórgia
Arquivo pessoal
Goleiro Shota Maminashvili morreu após desmaiar no aquecimento de uma partida na Geórgia

O futebol da Geórgia está de luto após a morte do goleiro Shota Maminashvili , de apenas 31 anos de idade. O jogador do Zugdidi FC desmaiou durante aquecimento antes da partida diante do WIT, válida pela segunda divisão do futebol no país europeu, e morreu quando deu entrada no hospital da cidade de Mtskheta.

Leia também: Marcelinho Carioca é acusado de ocultar patrimônio para não pagar dívida

Revaz Pertaia, diretor do Zugdidi, lamentou demais a morte do goleiro da sua equipe. "Ele chegou ao hospital já em estado grave e não conseguiram salvá-lo. É uma tragédia terrível para nós, ele era um excelente atleta e boa pessoa", comentou o dirigente.

Goleiro Shota Maminashvili tinha 31 anos
Arquivo pessoal
Goleiro Shota Maminashvili tinha 31 anos

As causas da morte ainda estão sendo investigadas, mas a principal hipótese é a de que o mal súbito de Maminashvili foi causado por conta de uma parada cardirrespiratória. Ele estava no clube há poucos meses, contratado junto ao Dínamo Batumi no começo da atual temporada.

Leia também: Ribéry pagou quase R$ 150 mil para irmão jogar em clube da França

A partida foi cancelada por conta da tragédia e a federação da Geórgia ainda vai anunciar uma nova data para ser disputada.

Outra tragédia com arqueiro

No futebol montenegrino, o arqueiro Goran Lenac, de 33 anos de idade, foi assassinado com um tiro na cabeça enquanto participava de uma sessão de treinamentos ao lado de um amigo nas instalações do FC Bokelj, clube da cidade de Kotor e que joga na 2ª divisão do país.

Leia também: Arqueiro é assassinado com tiro na cabeça durante treinamento

O jogador foi levado para o hospital da região ainda com vida, mas em condição bastante crítica, não resistindo aos ferimentos quando chegou ao local. De acordo com a imprensa de Montenegro, a polícia acredita que o criminoso conhecia bem o local, já que conseguiu escapar sem ser notado. As buscas pelo assassino continuam.

Goran Lenac era uma figura bastante popular na região, um goleiro respeitado, por isso sua morte foi um choque para os moradores da cidade.

    Leia tudo sobre: Futebol