Com direito a muita emoção, o Palmeiras foi campeão do Paulistão 2020 .  Após ficar com a mão na taça até o último minuto do jogo, o alviverde viu o Corinthians empatar com um gol de Jô.

palmeiras
Cesar Grecco/Ag. Palmeiras/Divulgação
Luiz Adriano comemora gol do Palmeiras


Ao contrário do primeiro jogo, o primeiro tempo foi mais animado que o jogo de quarta-feira. O primeiro lance de perigo ocorreu logo aos 6 minutos. Luiz Adriano achou Zé Rafael na grande área. O meia perdeu o tempo da bola, mas  conseguiu cruzar para Willian, que chegou batendo forte de esquerda, na pequena área. Cássio se jogou e dez uma bela defesa. 

O Corinthians devolveu. Jô recebeu o cruzamento de escanteio na área e cabeceou firme, mas a bola foi para fora. Aos 16 minutos, Patrick de Paula cobrou a falta, mas pegou embaixo da bola, e ela subiu demais. Sem perigo para o gol do Cássio.

A partir daí, o jogo caiu de produção e só esquentou aos 27 minutos, quando Zé Rafael errou o passe na direita, Luan recuperou, avançou no meio e tocou por trás da zaga para Jô. O atacante faz o gol, mas em posição de impedimento.

Aos 36 minutos, Luan cruzou na segunda trave, Weverton sai mal, mas Jô mandou para fora. Aos 44 minutos, Ramiro recebeu de Luan na direita e chegou batendo firme de primeira. Weverton pegou sem dificuldade.

Já o segundo tempo começou bem melhor e o logo aos 3 minutos o Palmeiras abriu o  placar. Éderson errou o passe no meio-campo, em seguida, Viña recebeu a bola na esquerda e cruzou na medida para Luiz Adriano na área, que subiu mais que Avelar para cabecear no cantinho de Cássio.

Aos 22, o Corinthians reclamou de pênalti. Luan cruzou na área, e Felipe Melo afastou de cabeça. Em seguida, Jô armou o chute na área, mas Marcos Rocha se antecipou. O atacante corintiano caiuno chão reclamando de pênalti.

Aos 38, Luan recebeu a bola ajeitada de cabeça por Michel Macedo e pegou de primeira. A bola explodiu na zaga, sobrou para Avelar, mas a zaga do Palmeiras conseguiu afastar.

No desespero, o Corinthians tentou lançar bolas na área e Gustavo Gómez fez um pênalti no Jô. Ele mesmo bateu e empatou para o Timão.

Michael e Bruno Henrique erraram os primeiros pênaltis. Daniloe Raphael Veiga marcaram e o Palmeiras ficou em vantagem quando Cantillo errou e Scarpa marcou o gol. Sidcley, Lucas Lima e Jô também marcara, mas Patrick de Paulo acertou a última penalidade e deu o título ao Palmeiras.

    Veja Também

      Mostrar mais