Lance


Santos
Instagram
Santos

O Santos já está classificado e garantido como primeiro colocado do Grupo A do Campeonato Paulista, e encerrará a primeira fase neste domingo, às 16h, enfrentando o eliminado Novorizontino.

Ainda assim, o técnico Jesualdo Ferreira escalará força máxima, incluindo Soteldo, que está pendurado. E há um motivo para correr o risco de perder, por um cartão, nas quartas de final, o seu melhor jogador: poder decidir na Vila Belmiro ao longo do mata-mata.

O regulamento do Estadual indica que quem tiver a melhor campanha será mandante nas próximas fases. Como líder de sua chave, o Peixe já tem seu estádio garantido no jogo único das quartas de final, seja para enfrentar Água Santa, Ponte Preta ou Oeste, os outros clubes do grupo. Mas a semifinal também terá apenas um confronto e, para ter mais chances de atuar em casa, o Alvinegro Praiano não pode perder pontos diante de um eliminado.

Com 16 pontos, os comandados de Jesualdo começam a 12ª rodada do Estadual apenas com a sétima melhor campanha. Está atrás de Red Bull Bragantino (20 pontos), Santo André (20), Palmeiras (19) e São Paulo (18), todos já classificados, e de Mirassol (17) e Guarani (16), que dependem somente de si neste domingo para que confirmem vaga na próxima fase. Ou seja: hoje, o Peixe só tem mais pontos do que o seu adversário nas quartas, seja quem for.

Este cenário indica que, passando à semifinal, o Santos tende a ser forçado a atuar o jogo único longe da Vila Belmiro. Se perder do Novorizontino, o time poderá ser ultrapassado ainda por Inter de Limeira e Corinthians, o que ratifica a equipe com a segunda pior campanha entre os que disputam as quartas de final, reduzindo drasticamente a chance de estar em casa na semifinal.

Por outro lado, fazer o Santos pode ter até a terceira melhor campanha. Para isso, além de vencer, a equipe alvinegra precisa torcer para o Palmeiras perder do Água Santa no Allianz Parque, para o Mirassol não ir além de um empate diante da Ponte Preta, em São Bernardo do Campo, e para o Guarani derrotar o São Paulo por uma vantagem menor do que a vitória do Peixe - o time campineiro tem os mesmos 16 pontos, mas com dois gols a mais no saldo.

Diante disso, Jesualdo Ferreira só não escalará dois de seus principais nomes: Alison, recém-recuperado de uma lesão no joelho, e o uruguaio Carlos Sánchez, que terá de cumprir suspensão pela expulsão no empate diante do Santo André. Jobson e Jean Mota serão as novidades do meio de campo. Marinho pode desbancar Arthur Gomes, que não foi bem no meio de semana, e Uribe briga pela vaga de Kaio Jorge. Raniel poderia ser opção, mas se machucou.

Se o Santos calcula tantas possibilidades, o Novorizontino só tem como motivação ter alguma vantagem no Troféu do Interior, para o qual já está classificado, mas esse torneio paralelo terá detalhes definidos apenas em reunião da Federação Paulista de Futebol na segunda-feira. O time perdeu a invencibilidade na última rodada, levando 2 a 0 da Ponte Preta, e parou nos 16 pontos que o garantem em terceiro lugar do Grupo B. Não poderá nem atuar em casa, por conta da Covid-19, e recebe o Peixe na Arena Corinthians.

    Veja Também

      Mostrar mais