Dudu deixa o Palmeiras
Divulgação
Dudu deixa o Palmeiras

Dudu deixou oficialmente o Brasil com destino ao Catar, na madrugada desta quinta-feira. Pouco antes de entrar na área de embarque do Aeroporto de Guarulhos, ele falou sobre a saída e colocou a briga com a ex-esposa como um dos motivos.

“Houve esses problemas fora de campo e isso também me fez pensar que preciso dar uma saída, preciso ter um pouco mais de tranquilidade para jogar futebol, coisa que não tive nas últimas semanas. Eu sabia que, se continuasse aqui, teria todo o carinho do torcedor e conseguiria superar. Mas acho que é o momento de sair”, explicou o  atleta, em entrevista dada à Gazeta Esportiva.

Acertado com o Al Duhail, ele é acusado de agressão pela ex-esposa Mallu Ohanna. O caso ocorreu no último dia 22 de junho e até vídeos do episódio foram mostrados pela mídia. 

“É o momento em que tenho que ir. Passei nesses dias uns momentos difíceis na minha vida particular. Hoje, no CT, pedi desculpas ao pessoal do Palmeiras por ter envolvido o nome do clube nessas coisas, nessas páginas policiais. Quem me conhece, sabe do meu caráter, da minha índole”, afirmou o atleta, em entrevista à Gazeta Esportiva.

Questionado sobre o andamento do caso, ele alegou inocência e se disse tranquilo. “Estou provando que não fiz aquelas coisas que estão me acusando. Viajo em paz com minha consciência, com meu coração. Triste por estar deixando o Palmeiras, não esperava que fosse agora. Não é um adeus. É um até logo, mas preciso desse tempo no Catar para construir uma história no clube”, declarou.

Dudu foi contratado pelo Palmeiras no início de 2015, após a diretoria de futebol comandada por Alexandre Mattos vencer a disputa contra o São Paulo e o Corinthians. O atacante tinha contrato com o Palmeiras válido até 31 de dezembro de 2023. O clube do Oriente Médio já havia demonstrado interesse e sondado a situação do jogador nas últimas semanas.

O atleta soma 70 gols pelo Palmeiras. Na artilharia geral do clube, Dudu ocupa o 32º lugar. 

    Veja Também

      Mostrar mais