Lance


Clássico carioca não está mais suspenso
Marcelo Goncalves/Photo Premium/Agencia O Globo
Clássico carioca não está mais suspenso

Um decreto publicado no Diário Oficial neste sábado mudou a discussão sobre a retomada dos jogos do Campeonato Carioca . A decisão do prefeito Marcelo Crivella proibia a realização de partidas no município do Rio de Janeiro até o dia 25 de junho.

No entanto, já durante a noite o próprio prefeito voltou atrás e disse que a medida afetará apenas os confrontos de Botafogo e Fluminense , marcados para os dias 22 e 25.

A prefeitura voltou atrás na decisão inicial e colocou apenas o Tricolor e o Alvinegro no texto, suspendendo as partidas dos dois até o dia 25 de junho. Crivella vai republicar o texto neste domingo que autorizará, inclusive o confronto entre Vasco x Macaé, em São Januário, às 16h.

Já havia uma movimentação nos bastidores para que, caso o decreto fosse mantido, o confronto entre Vasco e Macaé fosse realizado no estádio Elcyr Resende, em Saquarema.

Isso porque, em nota, a Ferj afirmou que "continua fiel ao princípio de só realizar partidas do Campeonato Carioca 2020 com autorização do órgão competente". No entanto, o decreto do Crivella se referia penas ao município do Rio. Fora estava liberado.

Em um vídeo antes da assessoria se pronunciar sobre a mudança, Marcelo Crivella já aparecia dizendo que o veto altera apenas as partidas de Fluminense e Botafogo, mesmo que o texto publicado no Diário Oficial não especificasse os clubes. Isso causou uma confusão ao longo da tarde.

- O decreto suspende os jogos de futebol até a próxima quinta-feira apenas para que os protocolos de vigilância sanitária apresentados pela Federação se adaptem aos nosso da prefeitura. Basicamente, ficam suspensos os jogos do Botafogo e do Fluminense. E a gente pede a compreensão de todos - disse Crivella, no vídeo.

RESPOSTA DO STJD

Ao mesmo tempo, Fluminense e Botafogo ainda aguardam a decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) sobre a alteração das datas de seus jogos. Em nova mediação neste sábado, os clubes não chegaram a um acordo com a Ferj para realização dos jogos. Por isso, a decisão ficou nas mãos do presidente do STJD, Paulo César Salomão Filho.

Havia a expectativa desse despacho sair ainda neste sábado, mas a resposta ficou para domingo. Flu e Bota mantém a postura de não entrar em campo na segunda-feira, mesmo que o novo decreto libere a prática.

    Veja Também

      Mostrar mais