Michael Schumacher
Reprodução/Facebook
Michael Schumacher

O antigo manager de Michael Schumacher , Willi Weber , recordou o retorno do ex-piloto alemão à Formula 1 com a Mercedes , em 2010, depois se ter retirado em 2006.

Em entrevista, ele lembrou que criticou a decisão para o piloto alemão, a quem acompanhou durante quase toda a sua trajetória na Fórmula 1 . “Com o devido respeito, mas o retorno foi a coisa mais estúpida que ele podia ter feito”, lembrou.

Ainda de acordo com Willi, o ex-piloto tomou a decisão por estar “entediado”.

“Me disse que tinha que pilotar. Rapidamente falei que ele tinha muito a perder. Eu disse: ‘você já ganhou tudo, está no pedestal mais alto que existe’. Mas, ele não respondeu”, lembrou Weber.

O manager ainda lembrou que não tinha nem "vontade para fazer as malas para um fim de semana de F1 depois de três anos após o seu regresso".

“Desejei-lhe tudo de bom, mas também sabia que provavelmente daria errado”, afirmou ele, lembrando que essa situação também levou à decisão deles se separarem. “Finalmente nos despedimos como amigos”, apontou.

Veja fotos do piloto:



    Veja Também

      Mostrar mais