Tamanho do texto

Com o resultado, o Avaí segue na lanterna do Campeonato Brasileiro, com quatro pontos; já o São Paulo chegou a 13 pontos, ocupando a 7ª posição

Lance


São Paulo e Avaí
Eduardo Valente / FramePhoto / Agência O Globo
Empate sem gols manteve o mau momento das duas equipes no Campeonato Brasileiro

Em um jogo bastante fraco tecnicamente, Avaí e São Paulo foram a campo na noite deste sábado (8), na Ressacada, em Florianópolis (SC), ficando no empate sem gols. Os jogadores de ambas as equipes não conseguiram colocar seus estilos na partida, pecando principalmente na criação. Os poucos - bem poucos mesmo - lances de perigo ocorreram somente na reta final. O 0 a 0 fez ainda que os catarinenses seguissem no jejum no geral - não vencem há 11 duelos -, enquanto o Tricolor chega a seis sem vitória.

Leia também: Palmeiras bate o Athletico e aumenta invencibilidade no Brasileirão

Com o resultado, o Avaí segue na lanterna do Campeonato Brasileiro, com quatro pontos. O São Paulo chegou a 13 pontos, ocupando a 7ª posição. Ambas as equipes voltam a campo na quinta-feira pela última rodada da competição antes da paralisação para a Copa América - enquanto os catarinenses visitam o Palmeiras, os paulistas vão a Minas Gerais enfrentar o Atlético-MG.

Aquém do esperado

O primeiro tempo foi muito aquém do esperado. Tanto o Avaí quanto o São Paulo não conseguiram impor seus ritmos de jogo, deixando o mesmo bastante truncado. Geninho e Cuca, técnicos dos times catarinense e paulista, respectivamente, tentaram fazer com que seus comandados dessem um maior volume em campo, principalmente no setor ofensivo, mas sem muito sucesso. A esperança dos torcedores que foram a Ressacada era a de que o segundo tempo fosse melhor.

Pequena melhora

Na volta para o segundo tempo, uma pequena melhora foi observada na qualidade do confronto entre o Avaí e o São Paulo. Aos poucos, os jogadores, defendendo os objetivos de suas equipes, iam mais para o ataque, aumentando o volume e passando a criar perigo de gol. A primeira boa tentativa ocorreu apenas aos 22 minutos da etapa final, quando após cobrança de escanteio de Reinaldo pela esquerda, Bruno Alves subiu mais alto e obrigou o goleiro Vladimir a fazer grande defesa e evitar o gol do São Paulo.

Confusão no fim

Os ânimos dos jogadores de Avaí e São Paulo foram ficando nervosos com a proximidade do fim do jogo, enquanto o 0 a 0 era mantido no marcador. Aos 36 minutos do segundo tempo, uma confusão foi marcada após entrada forte em Luan. O Avaí ainda tentaria aos 43 com Getúlio, mas o resultado ficou mesmo no empate sem gols. Faltando uma rodada para a paralisação do Brasileiro, os treinadores já precisam organizar melhorias em suas equipes para que não passem sufoco no restante da temporada.

Leia também: Tite nega incômodo ao ver pai de Neymar no vestiário da seleção: "Dei um abraço"

FICHA TÉCNICA -  AVAÍ 0 X 0 SÃO PAULO

Estádio : Ressacada, em Florianópolis (SC)
Data/hora: 8/6/2019, às 21h (de Brasília)
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN) - Nota LANCE!: 6,5 (não teve muito trabalho, sendo pouco exigido em campo)
Assistentes: Alessandro Alvaro Rocha de Matos (BA) e Jean Marcio dos Santos (RN)
Árbitro de vídeo: Pathrice Wallace Corrêa Maia (RJ)
Renda/público: R$ 327.390,00/8.084 torcedores
Cartões amarelos: Ricardo, Betão, Brenner, Luan Pereira, Igor Fernandes (AVA) e Toró, Tchê Tchê (SAO)
Cartão vermelho: -
GOL: -

AVAÍ : Vladimir, Lourenço, Betão, Kunde e Igor Fernandes; Ricardo (Luan Pereira 10'/2ºT), Pedro Castro e João Paulo; Getúlio, Caio Paulista (Feliciano Brizuela 21'/2ºT) e Brenner (Daniel Amorim 28'/2ºT). Técnico: Geninho.

SÃO PAULO : Tiago Volpi, Hudson, Bruno Alves, Anderson Martins e Reinaldo; Luan, Tchê Tchê e Everton (Marcos Calazans 38'/1ºT); Toró (Everton Felipe 25'/2ºT), Vitor Bueno (Igor Gomes 12'/2ºT) e Alexandre Pato. Técnico: Cuca.