Alex
Divulgação
Alex

Considerado um dos maiores ídolos do Fenerbahçe , o ex-meia Alex , que hoje é treinador do sub-20 do São Paulo , recusou trabalhar na comissão técnica do português Jorge Jesus , ex-comandante do  Flamengoque assumiu oficialmente o time turco nessa semana .

Em entrevista ao jornal Record , de Portugal, o jogador afirmou que não tem a intenção de sair do  São Paulo nesse ano e que o seu desejo é assumir uma equipe profissional em 2023. Vale lembrar que, no início de 2022, ele foi procurado pelo Avaí para dirigir a equipe na Série A do Campeonato Brasileiro, mas também recusou o convite. 

Apesar de ter recusado trabalhar na Turquia, o ex-jogador elogiou a contratação de Jorge Jesus pelo  Fenerbahçe . "Como alguém que gosta muito do clube e torce pelo melhor sempre, ter alguém com a capacidade do Jesus é espetacular. Ele terá que conhecer o clube e as pessoas. Em cima dessa análise começará seu trabalho. Mas, ele possuiu qualidade e experiência para fazer um trabalho de excelência e obter o sucesso", apontou.

Mesmo confiante, Alex aponta que o treinador terá que lidar com o fanatismo dos torcedores do Fenerbahçe . "O clube não vence a liga a oito temporadas. Ele está sendo contratado com a expectativa de quebrar esses anos todos sem ganhar a liga. A cobrança será natural, mas é algo que ele conhece bem por ter trabalhado no Benfica, Flamengo e outros locais", opinou.

Sobre um conselho que daria ao português, Alex preferiu apenas desejar sorte. "Quem sou eu para aconselhar um vencedor como é o Jorge Jesus . Minha mensagem a ele foi de sorte e que consiga desenvolver bem o que sabe e tem de ideias. Como foi em Portugal e também aqui no Brasil", concluiu.

Como treinador do sub-20 do São Paulo , Alex foi finalista do Brasileirão, semifinalista da Copinha e parou nas oitavas de final do Paulistão. Foram 42 jogos, com 24 vitórias, 10 empates e 8 derrotas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários