Rogério Caboclo
Foto: Lucas Figueiredo / CBF
Rogério Caboclo

Nesta quinta-feira, o presidente afastado da CBF, Rogério Caboclo , decidiu recorrer ao STJD para adiantar o retorno ao comando da presidência da entidade, com um pedido de mandado de garantia contra a comissão de ética que o suspendeu até setembro. A informação é do site "ge.com".

(Veja abaixo galeria de fotos de Caboclo)


A assessoria de imprensa de Caboclo informou ao tribunal supostos "vícios e nulidades na condução do processo pela comissão, entre os quais a sua total falta de fundamento estatutário e legal para o afastamento".

Anteriormente, a Comissão de Ética de Futebol decidiu prorrogar por mais de 60 dias o afastamento de Rogério Caboclo, no último sábado. Caboclo foi denunciado por assédio moral e sexual por uma funcionária da CBF , no entanto, o dirigente nega as acusações.

Na quarta-feira, a defesa foi protocolada no tribunal, além de entregar à Comissão de Ética. Nesta quinta, Rogério Caboclo esteve presente em uma audiência com Otávio Noronha, presidente do STJD. Na manhã deste dia também, a Comissão de Ética de Mulheres da Câmara dos Deputados, aprovou um requerimento para que o dirigente fosse depor sobre as denúncias, que deve acontecer em agosto. Os parlamentares Celina Leão (PP/DF), Isnaldo Bulhões (MDB/AL) e Tereza Nelma (PSDB/AL).

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários