Santos e Sport fizeram jogo sem grandes emoções na Vila Belmiro
Reprodução/Twitter
Santos e Sport fizeram jogo sem grandes emoções na Vila Belmiro

Em mais uma partida sem inspiração, assim como diante do Juventude, o Santos não conseguiu superar a marcação do Sport e ficou no 0 a 0 com o adversário em partida realizada na noite desta quarta-feira, na Vila Belmiro, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro.




Com o resultado, o Peixe subiu para a quinta colocação da competição, com 12 pontos ganhos. Na próxima rodada, sábado, a equipe enfrenta o América-MG, em Belo Horizonte.

O jogo

Como esperado, o primeiro tempo começou com o Santos com a posse de bola tentando encontrar espaços e formas de vencer a marcação do Sport, mas sem criatividade não conseguiu criar chances de perigo. O time fez 16 cruzamentos, mas acertou apenas um.

O segundo tempo começou com o mesmo cenário, mas o Sport começou a sair mais para o jogo e quase abriu o placar aos 11 minutos. Pará errou, Everaldo puxou o contra-ataque, passou para Hayner, que arrancou pela direita e chutou cruzado, mas Thiago Neves jogou de zagueiro e evitou o gol.

Com as saídas de Pará e Felipe Jonatan, o Santos melhorou ofensivamente. Aos 20 minutos, Zanocelo recebeu na esquerda, cortou para o meio e chutou por cima do gol.

O jogo ficou mais aberto. Aos 23 minutos, após cruzamento da direita, Thiago Neves cabeceou e o goleiro João Paulo fez boa defesa. Aos 28, o Santos deu o troco. Após cruzamento de Madson, Kaio Jorge dominou na área e soltou a bomba, a bola explodiu no travessão, nas costas do goleiro Maílson e não entrou.

Você viu?

FICHA TÉCNICA

SANTOS 0 X 0 SPORT

Data e hora: 30 de junho de 2021, às 20h30 (horário de Brasília)
Local: Vila Belmiro
Árbitro: Douglas Schwengber da Silva
Assistentes: Rafael da Silva Alves e Michael Stanislau
Árbitro de vídeo: Rodrigo Dalonso Ferreira
Cartões amarelos: Luiz Felipe (SAN) e Sabino, André, Trellez e Neílton (SPO)

SANTOS: João Paulo; Pará (Zanocelo, aos 18'/2ºT), Luiz Felipe (Lucas Venuto, aos 38'/2ºT), Luan Peres e Felipe Jonatan (Madson, aos 18'/2ºT); Camacho, Jean Mota e Gabriel Pirani (Carlos Sánchez, aos 20'/2ºT); Lucas Braga (Marcos Leonardo, aos 38''/2ºT), Marcos Guilherme e Kaio Jorge. Técnico: Fernando Diniz.

SPORT: Maílson; Hayner, Thyere, Sabino e Júnior Tavares; Marcão, Zé Welison e Thiago Neves (Gustavo, aos 45'/2ºT); Neílton (Trellez, aos 23'/2ºT), Everaldo (Paulinho Mocelim, aos 29'/2ºT) e André (Mikael, aos 45'/2ºT). Técnico: Umberto Louzer

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários