Tobogã do Pacaembu começa a ser demolido
Leon Rodrigues
Tobogã do Pacaembu começa a ser demolido

Começou nesta terça-feira a reforma do complexo esportivo do Pacaembu, que agora é administrado pela Allegra, concessionária vencedora de licitação aberta pela Prefeitura de São Paulo. A obra se iniciou pela remoção do tobogã, espaço da arquibancada localizado atrás de um dos gols, construído em 1970.

Veja, abaixo, momentos icônicos no Pacaembu:


Segunda a Concessionária Allegra Pacaembu, a derrubada do tobogã levará de três a quatro meses, e quase todo o concreto será reaproveitado. No lugar da antiga arquibancada, será construído um centro de convenções, lojas e serviços de alimentação, além de uma arena de eSports com capacidade para 2.000 pessoas.

O estádio foi concedido à iniciativa privada em 2019, pelo ex-prefeito Bruno Covas (PSDB), recentemente falecido, como "promessa de campanha" de João Doria (PSDB). A Allegra detém a outorga desde 25 de janeiro do ano passado, por 35 anos, e prevê investir R$ 400 milhões no estádio.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários