Mauro Cezar
Divulgação
Mauro Cezar

A decisão do Corinthians em dispensar o jogador Danilo Avelar , após ele protagonizar um caso de racismo, ainda gera muita discussão, porém, ganhou o apoio de grande parte dos torcedores e também de alguns profissionais da imprensa, entre eles, o jornalista Mauro Cezar Pereira.

Apesar de deixar claro que considerou a decisão do clube correra, ele levantou a dúvida se o clube faria o mesmo com um atleta de mais destaque.

"É uma postura firme e dura do clube, mas resta saber se o Corinthians faria isso com outros jogadores, talvez um ídolo intocável. Quando faz isso dessa maneira, o Corinthians, ao mesmo tempo que demonstra firmeza e age de forma correta, define também uma situação de que vai ter que agir da mesma forma com outros atletas, independentemente de quem seja. Acho que esse é o ponto", afirmou.

Mauro Cezar também lembrou que uma não punição exemplar ao lateral poderia indicar conivência do clube para com a situação.

"As pessoas vão cobrar isso no Corinthians. Tomara que não aconteça... Mas não dá para criticar o clube por agir de forma rigorosa com essa questão. É o tipo de coisa que não pode acontecer. Quando alguém faz isso e o clube não faz nada, fica parecendo conivência", analisou.

Avelar teve o contrato rescindido após, durante um jogo online, cometer racismo e chamar outro de usuário de 'fih de rapariga preta'. O próprio jogador reconheceu seu erro, posteriormente .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários