Nenê celebra o gol da vitória do Fluminense sobre o Santos
LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.
Nenê celebra o gol da vitória do Fluminense sobre o Santos

Na base da raça e do sofrimento, o Fluminense bateu o Santos no Maracanã, por 1 a 0, com gol de Nenê, e segue invicto no Campeonato Brasileiro 2021. Com o resultado, o Tricolor chegou a oito pontos e subiu para a quinta colocação na tabela da competição.

Veja galeria de fotos do jogo:


O primeiro tempo de Fluminense e Santos não foi dos melhores. O Peixe foi melhor e teve o comandou da equipe na maior parte do tempo, embora o Tricolor tenha colocado uma bola na trave. Aos seis minutos, o time paulista promoveu o primeiro lance de perigo. Pirani cobrou o escanteio aberto, buscando a chegada de alguém na entrada da área, mas a zaga carioca conseguiu afastar.

Aos oito minutos, o Fluminense deu o contragolpe. Santos foi apertado na saída de bola, e Pirani acabou sendo desarmado. Caio Paulista tentou a tabela na entrada da área, e Danilo Boza interceptou para errar o passe. A bola sobrou para Nenê na esquerda. O meia cruzou, Fred ajeitou de cabeça, e Caio Paulista finalizou no travessão. Na sobra, Gabriel Teixeira pegou na linha de fundo e cruzou rasteiro. Caio Paulista é travado na hora de desviar para o gol.

Depois desse lance, o Santos acordou para o jogo, tomou as rédeas da partida e teve dois lances de perigo seguidos. Aos 15, Gabriel Pirani recebeu de Felipe Jonatan na esquerda e arrancou na beirada da área. O meia finalizou rasteiro, e Marcos Felipe fez a defesa. No minuto seguinte, Felipe Jonatan arriscou o chute de primeira na sobra do escanteio, na entrada da área, e finalizou forte de esquerda. Manoel colocou a cabeça na frente para bloquear o chute.

Você viu?

Aos 29, o Peixe voltou a levar perigo ao gol tricolor. Pirani, destaque do time paulista no primeiro tempo, cruzou na primeira trave, e Fred afasta. Na sobra, Pará pegou bonito de três dedos e mandou no canto de Marcos Felipe, que fez a ponte para espalmar. Aos 34, novamente o Santos chegou bem, mas dessa vez com Marinho. O camisa 11 chutou forte de esquerda, mas a bola explodiu na marcação no meio do caminho. Na sequência, conseguiu o escanteio, que não teve perigo.

No segundo tempo, o Fluminense continuou sendo pressionado pelo Santos. Aos quatro minutos, o Peixe quase abriu o placar novamente. Pirani cobrou o escanteio curto, recebeu de volta e mandou na segunda trave. Luiz Felipe apareceu por trás do marcador, tentou dominar, mas a bola subiu demais, e o zagueiro perdeu o tempo dela. Na sequência, Egídio afastou.

Depois de segurar a pressão do Santos, o Fluminense conseguiu estufar a rede. Fred recebeu o cruzamento da esquerda, disputou no alto e conseguiu desviar a bola para cima. Na sobra, Felipe Jonatan cortou errado, e Nenê aproveitou do outro lado da área para finalizar de primeira e marcar bonito. Após abrir o placar, o Tricolor recuou e adotou a estratégia de sair no contra-ataque.

Aos 19 minutos, o Santos quase empatou. Marinho recebeu boa bola por trás da zaga e saiu cara a cara com Marcos Felipe. O atacante tentou tirar do goleiro, que fez mais uma bela defesa no Maracanã. Pressão santista... Zanocelo teve chute bloqueado na grande área, e Marinho conseguiu ficar com a bola na sequência da jogada. O atacante finalizou forte na entrada da área, mas o goleiro tricolor salvou de novo.

Aos 25 minutos, o Peixe chegou de novo. Marcos Guilherme bateu colocado buscando o ângulo direito de Marcos Felipe, mas a bola pegou na rede pelo lado de fora, passando perto. Aos 36, mais um lance de perigo do técnico Fernando Diniz. Alison recebeu o cruzamento na área, mas cabeceou por cima do gol.

O Fluminense , mesmo jogando mal, mas na base da raça, conseguiu segurar a pressão do Santos e conquistou mais três pontos no Campeonato Brasileiro. O próximo duelo do Tricolor é no domingo, dia 20, contra o Fortaleza, no Castelão, às 18h15, pela quinta rodada do Brasileirão.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários