Atlético-MG x São Paulo
Pedro Souza / Atlético
Atlético-MG x São Paulo


O Atlético-MG venceu o São Paulo neste domingo, por 1 a 0, no Mineirão e manteve o tabu de 30 anos sem perder para o Tricolor no estádio. O volante Jair, no começo da primeira etapa, marcou o gol da vitória do Galo, que chegou ao seu segundo triunfo seguido na competição e soma seis pontos. Enquanto isso, o São Paulo segue sem vencer nesta edição do torneio, com apenas um ponto conquistado.

Agora, os dois times voltam a campo ainda neste meio de semana. O São Paulo enfrenta a Chapecoense, na quarta-feira (16), às 19h, no Morumbi, enquanto o Atlético-MG pega o Internacional, também na quarta-feira, às 19h, no Beira-Rio.

Você viu?

Veja galeria de fotos do jogo:


JOGO COMEÇA COM VOLPI SALVANDO O SÃO PAULO
A partida iniciou com o Atlético-MG buscando mais o ataque e assustando a defesa são-paulina. Logo com dois minutos, Keno fez um cruzamento da esquerda, Hyoran até saiu do chão, mas não alcançou a bola na primeira chegada do Galo na partida.

Seis minutos depois, Volpi trabalhou. Hulk puxou contra-ataque e abriu para Keno na esquerda. O atacante finalizou, mas o goleiro são-paulino fechou bem o ângulo e defendeu com as pernas, salvando o São Paulo de levar o primeiro gol.

GALO É MELHOR NA PARTIDA E ABRE O PLACAR
Os minutos seguiram e o São Paulo não conseguia levar perigo. Gabriel Sara tentou fazer de fora da área, mas a bola passou por cima do gol do goleiro Everson. Assim, o Atlético-MG tomava conta do jogo e não demorou para abrir o placar no Mineirão.

Aos 16 minutos, Hulk fez linda jogada pelo meio, invadiu a área e tocou para Hyoran na direita. O meia cruzou rasteiro para a pequena área. Jair, por trás de Miranda, entrou livre para empurrar para o fundo do gol e marcar para a equipe mineira.

JOGO DÁ UMA ACALMADA E MIRANDA SAI MACHUCADO
Depois do gol do Atlético-MG, as duas equipes ficaram muito presas a marcação e não conseguiam criar chances para marcar. Rigoni e Hyoran tentaram, mas sem sucesso.

Um lance que deixou a torcida do São Paulo preocupada aconteceu aos 36 minutos. Miranda dividiu uma bola no meio-campo e na sequência pediu substituição, sentindo uma lesão na coxa esquerda. Igor Vinicius entrou em seu lugar.

SÃO PAULO QUASE MARCA ANTES DO INTERVALO
Antes do final da primeira etapa, o São Paulo chegou com perigo. Gabriel Sara recebeu na direita, cruzou fechado, e Réver tentou cortar, quase jogando contra o próprio gol. Everson fez grande defesa.

SEGUNDO TEMPO INICIA MOVIMENTADO
Na volta após o intervalo, a equipe do São Paulo buscou mais o ataque e quase chegou ao gol de empate aos sete minutos. Reinaldo cruzou, Pablo foi travado e rolou para Luciano. No entanto, Arana travou o camisa onze na hora do chute dentro da área.

No minuto seguinte, o Atlético-MG puxou bom contra-ataque com Nacho Fernández, que tocou para Allan. O volante bateu de fora da área, mas a bola foi por cima do gol de Volpi.

RIGONI ASSUSTA A META DO ATLÉTICO-MG
​O jogo passava e o São Paulo tentava o gol de empate, sendo melhor que o Galo na partida. Com 14 minutos, Rigoni arriscou de fora, a bola desviou na zaga e saiu em escanteio, raspando a trave do goleiro Everson.

Conforme o tempo passava, nem São Paulo e nem o Atlético-MG conseguiram assustar as metas adversárias. O jogo ficou muito equilibrado no meio-campo, com diversos erros de passes e tomadas de decisões.

GALO TEM MAIS DUAS CHANCES DE MARCAR
Enquanto o São Paulo não conseguia assustar o Atlético-MG, o Galo tentava ampliar. Aos 36, Mariano tentou cruzar e quase colocou a bola dentro da meta de Volpi, que espalmou.

Já aos 44, Echaporã cruzou, Nathan ajeitou, mas Marrony não aproveitou. Na sequência, Hulk roubou a bola, e Arana finalizou fraco para o gol.

Fim de jogo e tabu mantido. O São Paulo não vence o Atlético-MG fora de casa desde 2016 e não ganha no Mineirão desde 1991.

ATLÉTICO-MG 1 X 0 SÃO PAULO
Local:
Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data/Horário: 13 de junho de 2021 (domingo), às 16h (de Brasília)
Arbitro: Anderson Daronco (RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (RS) e Michel Stanislau (RS)
VAR: Andre da Silva Bittencourt (RS)
Gols: Jair (17'/1ºT) (1-0)
Cartões amarelos: Bruno Alves (SAO)
Cartões vermelhos:

ATLÉTICO-MG
​Everson; Guga (Mariano, aos 36'/2ºT), Igor Rabello, Réver e Arana; Allan e Jair (Nathan, aos 35'/2ºT); Hyoran (Marrony, aos 30'/2ºT), Nacho e Keno (Echaporã, aos 30'/2ºT); Hulk. Técnico: Cuca.

SÃO PAULO
Volpi; Bruno Alves, Miranda (Igor Vinicius, aos 40'/1ºT) e Léo; Rigoni, Rodrigo Nestor (Igor Gomes, aos 30'/2ºT), Liziero, Gabriel Sara (Galeano, aos 13'/2ºT) e Reinaldo; Luciano (Eder, aos 30'/2ºT) e Pablo (Rojas, aos 13'/2ºT). Técnico: Hernán Crespo

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários