Camisa autografada por Pelé é rifada por hospital
Divulgação
Camisa autografada por Pelé é rifada por hospital

O filantrópico Hospital da Baleia está rifando uma Camisa do Santos Futebol Clube, da coleção retrô de 1962, lançada pelo time e assinada pelo maior jogador de futebol brasileiro, o rei Pelé. Cem por cento do dinheiro arrecadado com a rifa será usado na primeira etapa da reforma do Centro de Nefrologia da instituição. A obra já está acontecendo e tem um custo estimado de R$ 1.400.000,00. A expectativa é arrecadar R$ 300 mil com a rifa, valor necessário para finalizar a primeira fase da obra.

Cada número da rifa será vendido por R$100 e a compra pode ser realizada no site Amigos do Baleia (www.amigosdobaleia.org.br). O sorteio acontece no dia 10 de agosto / 2021 pela Loteria federal. Para mais informações sobre como adquirir a rifa e ajudar o Hospital da Baleia, entre em contato com a Rede de Amigos do Baleia pelo (31) 3489-1653, 3489-1654 ou pelo e-mail [email protected]

Atualmente, o Centro de Nefrologia tem uma área de 800 m², 56 poltronas e, por ano, são realizadas mais de 52 mil sessões de hemodiálise. Com a reforma, o local passará a ter 70 cadeiras de hemodiálise e capacidade para 62.500 sessões de hemodiálise / ano. A previsão de término da obra é em outubro de 2021. Uma segunda etapa de reforma já está prevista para o próximo ano e o projeto em análise. O objetivo é estender o atendimento para 105 cadeiras, devido à alta demanda recebida pelo Hospital.


Você viu?



A camisa foi doada ao Baleia pela Dupatri Hospitalar, empresa parceira do Hospital da Baleia, com sede em São Paulo e filial em Betim. José Eduardo Gomes da Silva, presidente da Dupatri, é conselheiro do time do Santos e fez o pedido ao ex-jogador do futebol. Segundo ele, bastou explicar a finalidade do autógrafo e da doação, que o Pelé se prontificou de imediato a ajudar.

“A Dupatri tomou conhecimento do trabalho social que o Hospital da Baleia desenvolve e fizemos uma visita à Instituição. Na ocasião, surgiu a de propor uma ação para angariar recursos financeiros para ajudar o hospital. Nosso presidente intermediou, comprou a causa e conseguiu essa camisa autografada. A gente torce para que ela traga um valor relevante e que o hospital possa custear as obras que trarão melhorias para os pacientes”, explicou Douglas Guedes, representante da Dupatri em Minas Gerais.

“Estávamos com essa reforma na Hemodiálise programada há muitos anos, porém, nossa situação econômica não permitia fazê-la. Essa camisa tem um valor imensurável para o Baleia e a arrecadação nos ajudará muito”, disse a gerente de Mobilização de Recursos do Hospital da Baleia, Danielle Ferreira.

Para custear toda a reforma também estão sendo usados os recursos arrecadados com o Leilão Embaixadoras do Bem, realizado em outubro de 2020, doação do grupo Pirahy e parte da verba que foi doada pelo Ministério Público do Trabalho, também em 2020.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários