Neymar
Divulgação
Neymar



O comentarista esportivo da ESPN, Fábio Sormani , foi em defesa de Neymar no programa "Bate-Bola Debates", desta segunda-feira. Segundo o jornalista, o camisa 10 do Paris Saint-Germain entendia a relevância da partida, uma vez que valia a liderança do Campeonato Francês , e tentou impedir o atraso na reposição da bola pelo zagueiro Djaló.

Você viu?

Pelo empurrão no defensor, o brasileiro, em sua segunda partida após voltar de lesão, somou mais uma expulsão em sua passagem pela equipe parisiense.

"Quem provocou toda a situação não foi o Neymar . O comportamento do zagueiro do Lille impediu o Neymar de reiniciar rapidamente o jogo. Uma partida em que já estava no final e o PSG precisava empatar. Isso é ser conivente com o antijogo. O que o árbitro fez foi uma vergonha", afirmou o comentarista.

Sormani destacou ainda que não viu agressão por parte de Neymar , e decidiu não julgar os acontecimentos à caminho dos vestiários, quando o meia-atacante e Djaló tiveram mais um desentendimento que quase terminou em agressão.

"Neymar não agrediu o Djaló. Pelo contrário, foi agredido por um pontapé. O Neymar pega a bola para bater rapidamente, pois o jogo estava nos acréscimos. O que acontece depois, eu não vou julgar.", concluiu Sormani

Pela expulsão, o atacante pode pegar um gancho de até três jogos. O brasileiro e o Paris Saint-Germain voltam à campo na próxima quarta-feira diante do Bayern de Munique pelas quartas de finais da Champions League .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários