Torcedor do Flamengo foi assassinado em 2017
Reprodução
Torcedor do Flamengo foi assassinado em 2017

Na manhã desta segunda-feira, agentes da Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) de São Gonçalo prenderem um integrante de uma torcida vascaína organizada, acusado de estar envolvido na morte de Carlos Afonso Oliveira Leite, torcedor do Flamengo.

Leite foi baleado em uma briga dentro de uma padaria, no bairro de Fonseca, em Niterói, Região Metropolitana do Rio; a confusão ocorreu depois de um jogo entre os dois clubes, no dia 28 de outubro de 2017, e a vítima morreu três dias depois.

Foragido há mais de dois anos, o acusado, cuja identidade não foi divulgada, foi localizado pela Civil na casa da namorada, em São Gonçalo; os policiais cumpriram um mandado de prisão por homicídio e tentativa de homicídio. Agora, ele será encaminhado ao sistema prisional e ficará à disposição da Justiça.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários