Goleiro Bruno
Reprodução / Instagram
Goleiro Bruno

Apesar de já ter sido anunciado oficialmente como mais novo reforço do Atlético Carioca , equipe de São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio, para a disputa da Série C do Campeonato Carioca, o goleiro Bruno desmentiu o acerto com a equipe. Em contato com o MEIA HORA, o jogador afirmou que apenas ouviu o que os dirigentes tinham para oferecer.


"O que acontece? Eu ouvi a proposta e o projeto deles, mas não fechei nada ainda. Não existe contrato, não tem nada assinado. Só os recebi aqui em Cabo Frio para poder conversar, só isso. Agora, se ele (o clube) anunciou, a responsabilidade é dele", disse o jogador, em mensagem de áudio via Instagram.

Aos 36 anos, Bruno não disputa o Estadual desde 2010, quando foi vice-campeão pelo Flamengo na decisão contra o Botafogo, que ficou com o título com o gol histórico de Loco Abreu, de cavadinha, em cobrança de pênalti. Meses antes, o jogador havia sido campeão brasileiro de 2009 pelo Rubro-Negro e estava cotado para atuar no futebol italiano.

No entanto, sua vida virou de cabeça para baixo quando ele acabou condenado pela morte da modelo Eliza Samudio , mãe do seu filho, e está no regime semiaberto desde julho de 2019. Bruno cumpriu parte da pena de 22 anos e três meses decretada pela Justiça de Minas Gerais em 2013. Ele foi condenado por homicídio triplamente qualificado e sequestro.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários