Casagrande cutucou Muricy Ramalho durante o
Reprodução
Casagrande cutucou Muricy Ramalho durante o "Bem, Amigos", do SporTV

O ex-jogador Walter Casagrande comentou, nesta segunda-feira, sobre um vídeo onde o dirigente do São Paulo Muricy Ramalho aparece debatendo com policiais por ser retirado de uma praia , em São Paulo. Para Casagrande, a história criou proporções maiores após Muricy não obedecer ao policiais.

- Só uma criticazinha ao Muricy : a partir do momento que a polícia falou que não pode, vai embora. Se criou uma história em cima de uma situação com o Muricy porque ele ficou discutindo com o cara se é justo ou não. A discussão cria muitas coisas na cabeça das pessoas. Ele poderia ter ido embora - disse  Casagrande  no programa "Bem, Amigos", do SporTV.

A prefeitura de Bertioga, região onde fica localizada a praia, adiantou o decreto e proibiu a circulação em praias já no domingo, ou seja, quando o ex-treinador estava no local. O que provocou a irritação de Muricy, ao ser abordado para que deixasse a praia.

- Eu moro lá no (bairro Riviera) 8, como faço para voltar para casa? Bom ser isso mesmo (a proibição), porque não estava anunciado isso. Era segunda-feira, está certo ou não está segunda-feira? - questionou Muricy.

Você viu?

O policial concorda sobre a proibição inicialmente válida para segunda-feira e diz que a prefeitura antecipou. Muricy retruca. Para Casão, o caso não teria ocorrido nem chamado a atenção do público se não fosse pela atitude do também ex-comentarista da Globo em ficar repelindo a ordem dos guardas.


Confira nota oficial de Muricy:

Em seu perfil no Instagram, Muricy divulgou nota explicando o ocorrido. Segundo o comunicado, o ex-treinador, que vive há um ano em Bertioga, fazia caminhada com distanciamento e sem máscara "para poder respirar melhor" durante o exercício físico. A nota ressalta, ainda, que o decreto inicial previa as restrições apenas a partir desta segunda. Leia o comunicado completo:

Dia 14/03/2021, Muricy Ramalho estava caminhando na praia de Riviera de São Lourenço, onde mora faz um ano por conta da pandemia. Ele fazia sua caminhada diária, sozinho com distanciamento de outras pessoas e sem máscara naquele momento para poder respirar melhor, já que o exercício faz esforço (sic). Os guardas de Bertioga abordaram Muricy para sua retirada da praia. Sendo que o decreto estava para o dia 15/03, o mesmo foi antecipado e não avisado à população local.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários