Corinthians Feminino
Instagram
Corinthians Feminino

Após ser impedido de embarcar em um voo que deixaria o aeroporto de Guarulhos em direção a Argentina , o Corinthians Feminino, que se prepara para disputar a Libertadores da categoria, encontrou uma solução para o caso. 

A delegação, por meio da diretora Cristiane Gambaré, precisou chegar a um acordo com a Conmebol e as autoridades argentinas, já que a companhia aérea Turkish Airlines não permitiu o embarque do elenco nesta terça-feira, alegando que brasileiros não podem entrar na Argentina durante a pandemia da covid.

A alegação supostamente atende o decreto do governo local, prorrogado no último dia 28/02, restringindo a entrada de brasileiros naquele país. Entretanto, o mesmo decreto diz que atletas em "condição-bolha" podem sim realizar a viagem, desde que com teste negativo.

Agora, nesta quarta-feira, o time embarcará pela Aerolineas Argentinas. Entrentanto, o clube informou que condicionou a troca mediante "garantias de embarque, já que a espera de cerca de quatro horas no aeroporto causou desgaste para atletas e funcionários e os expôs em um local de grande circulação de pessoas em meio a uma pandemia global".

O clube apontou ainda que, mesmo diante dos problemas, a delegação segue focada para a estreia do Timão na Copa Libertadores, na sexta-feira, diante do El Nacional-EQU, às 17h, com transmissão do Facebook.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários