Mengálvio falou sobre a expectativa da grande final da Libertadores
Instagram/Mengálvio
Mengálvio falou sobre a expectativa da grande final da Libertadores

A ansiedade  para a final da Copa Libertadores entre Palmeiras e Santos, que está marcada para amanhã (30), às 17h, no Maracanã, vem tomando conta de muitos torcedores de ambas equipes. O ex-jogador e ídolo do Peixe, Mengálvio, falou sobre a expectativa do grande confronto.

O eterno camisa 8 da Vila, que também ficou conhecido por compor o quinteto mais famoso da história do futebol mundial, Dorval, Mengálvio, Coutinho, Pelé e Pepe, reforçou sua torcida pelo Santos na final.

- A minha expectativa para essa partida é que o Santos jogue bem e mantenha a qualidade durante o confronto, e com a graça de Deus sairá vencedor desse jogo – disse o ex-jogador.

Mengálvio, que foi bicampeão da Libertadores e bi mundial com o Peixe, em 1962 e 63, destacou a atual fase do Santos e disse que o time deve jogar “para frente” se quiser vencer o adversário.

- O Santos para vencer essa partida contra o Palmeiras deve seguir jogando da mesma maneira que está jogando atualmente, com velocidade, toque de bola rápido e, se fizer isso, não terá problemas na partida – contou Mengálvio.

Você viu?

Existe algum favorito? Para Mengálvio, não. O ex-camisa 8 do peixe elogiou as duas equipes e disse ser um confronto bem aberto.

- Olha, propriamente não existe favorito. São duas grandes equipes que estão preparadas para vencer, podendo ganhar tanto o Santos como o Palmeiras – alertou.

Campeão do mundo com a Seleção Brasileira em 1962, Mengálvio deu um conselho para o time do Santos para a disputa da grande final.

- Um conselho que eu posso dar aos jogadores do Santos Futebol Clube é jogar o futebol que está jogando atualmente, alegre, rápido e com toques de bolas inteligentes. Fazendo isso, não terá nenhuma dificuldade – encerrou.

Pelo Alvinegro Praiano, Mengálvio jogou entre os anos de 1960 a 1969 em 369 partidas marcando 27 gols. Na Seleção Brasileira esteve em campo em 9 partidas. Com a camisa do Peixe, conquistou oito títulos paulistas, além dos bicampeonatos da Libertadores e do Mundial de Clubes.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários