Lance

Corinthians sofre processo movido por ex-empresário de Claudinho
Reprodução / Bragantino
Corinthians sofre processo movido por ex-empresário de Claudinho


Um dia após marcar um dos gols da vitória por 2 a 0 do Red Bull Bragantino sobre o Corinthians, Claudinho teve seu nome envolvido em um processo contra o ex-clube.

Isso porque, seu ex-empresário, Giuseppe Dioguardi, moveu uma ação cobrando R$ 357,1 mil relativos a direitos de imagem do atleta na época em que defendeu o Alvinegro. A informação é do GloboEsporte.com.

Segundo a reportagem, o processo partiu da empresa GD Sport Assessoria e Consultoria, da qual Dioguardi é proprietário e Claudinho não tinha conhecimento da ação. Quando cuidava da carreira do jogador, o agente era responsável por receber os valores direitos de imagem e repassar ao atacante.

Acontece que em 2015, o Corinthians se comprometeu a pagar R$ 250 mil ao empresário em duas parcelas. No entanto, de acordo com o que a defesa de Dioguardi protocolo na Justiça, somente R$ 58,6 mil foram recebidos até hoje. Assim, restariam R$ 191,4 mil, que com correções, multas e honorários, elevaram a quantia para R$ 357,1 mil, agora cobrados na esfera judicial.

Você viu?

Ainda segundo a reportagem do GE , o Timão não se manifestou, pois ainda não foi intimido pela Justiça. Já Claudinho, por meio de sua assessoria de imprensa, emitiu nota oficial e esclareceu que não sabia do ação do empresário.

"O jogador não estava ciente desse processo e não foi ele que moveu essa ação contra o Corinthians.

A ação foi movida pelo seu ex-empresário, com quem Claudinho já não trabalha mais e nem tem mais contato. Atualmente o atleta é agenciado pela Elenko Sports, que não tem ligação alguma com esta ação.

Caso essa ação seja ganha por quem moveu, o atleta teria direito de receber, já que envolve direito de imagem"

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários