Tuchel
Lance!
Tuchel

A era Thomas Tuchel começou oficialmente no Chelsea. O ex-treinador de Neymar no Paris Saint-Germain demorou pouco mais de um mês para encontrar um novo banco de reservas. Sua chegada já era especulada desde a saída de Lampard do comando da equipe .

O técnico alemão assinou até 2022, com a opção de estender por mais temporadas. "Quero agradecer ao Chelsea pela confiança. Respeitamos o legado que Lampard deixou no Chelsea e mal posso esperar para conhecer a equipe. Estou feliz por fazer parte da família do clube", disse Tuchel, que fará sua estreia nesta quarta-feira, contra o Wolves.

Tuchel será o 14º treinador de Roman Abramovich. Desde a chegada do magnata russo em 2003, inúmeros técnicos passaram pelo banco de Stamford Bridge: Claudio Ranieri, José Mourinho (2), Avram Grant, Luiz Felipe Scolari, Ray Wilkins (interino), Guus Hiddink (2), Carlo Ancelotti, André Villas-Boas, Di Matteo, Steve Holland (interino), Antonio Conte, Maurizio Sarri e Frank Lampard, este último curiosamente tendo a 'honra' de ser o treinador com menos pontos conquistado em média com o Chelsea no Premier League.

Tuchel já treinou o Augsburg (2007-08), Mainz (2009-14), Borussia Dortmund (2015-17) e Paris Saint-Germain (2018-20), adicionando sete títulos ao seu currículo. 

A escolha de Thomas Tuchel não é acidental. Ele é um dos treinadores desempregados com maior 'pedigree' e, além disso, indicou que gostaria de treinar no Premier. Ele estava, de fato, muito próximo do Arsenal antes de treinar o PSG, e sua chegada também pode servir como um incentivo para retomar a boa fase dos seus compatriotas Timo Werner e Kai Havertz. As duas contratações mais caras do Chelsea no verão passado - custaram US $ 53 milhões e US $ 80 milhões - não brilharam com Lampard.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários