Lance

Elias e Robinho
Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro
Elias e Robinho


O Atlético-MG está tentanto resolver suas pendências judiciais de forma amigável. Para isso, tenta um acordo com o volante Elias e o atacante Robinho , condenado em segunda instância por estupro na Itália.

O primeiro processa o clube e pede R$ 2,7 milhões de indenização. A Justiça do Trabalho enviou a ação movida pelo jogador para que haja uma tentativa de conciliação, após o Galo manifestar que busca um acordo com o atleta.

Você viu?

Elias, que teve sentença favorável do seu pedido na Justiça, tem em mãos uma oferta para receber R$ 2,3 milhões em 12 parcelas para encerrar a questão.

O volante, que está sem clube, ainda está no prazo jurídico para responder se aceita ou não as condições do Galo para fazer os pagamentos. 

Caso Robinho

Outra ação milionária contra o Atlético é do atacante Robinho, que pede R$ 4,95 milhões do clube por questões trabalhistas. O Galo fez uma proposta ao jogador para acertar o débito, com desconto e pagar cerca de R$ 4,3 milhões em 35 parcelas a partir de fevereiro.

A informação do acordo de Robinho com o Atlético foi divulgada pela Rádio Itatiaia e confirmada pelo L!.

As 10 primeiras parcelas serão no valor de R$ 100 mil, e as 25 restantes de R$ 134 mil mensais, além do Atlético cobrir outros R$ 250 mil de honorários advocatícios.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários