Palmas
Divulgação
Palmas

Um quase candidato a vice-prefeito de Palmas, na chapa vencedora na última eleição, além de jovens que assim como muito outros no país lutavam por um lugar ao sol dentro do futebol brasileiro. Esse é o perfil do dirigente e dos jogadores  mortos no acidente áereo do time do Palmas, que ocorreu na manhã desse domingo, no Tocantins. O comandante, identificado apenas como Wagner, também faleceu.

Os quatro atletas eram recém-chegados ao clube. Todos foram contratados em 2021. Segundo informações, o goleiro Ranule, o lateral esquerdo Lucas Praxedes, o atacante Marcus Molinaro e o zagueiro Noé haviam testado positivo para Covid-19 na última terça-feira .

Quem são as vítimas?

Ranule - O goleiro era natural de Várzea de Palma, em Minas Gerais. Com 27 anos, começou a se destacar no Atlético Itapemirim em 2016, após disputar a Série D do Brasileirão pelo Villa Nova-MG. No ano seguinte, ele conquistou o título invicto do Campeonato Capixaba. No Estadual, o mineiro esteve em campo nos 13 jogos da campanha vitoriosa do Galo da Vila, onde sofreu 10 gols e foi eleito o melhor goleiro da competição. Ranule passou por Minas Boca-MG, Guaxupé-MG, Nacional de Muriaé-MG, Villa Nova-MG, Atlético-ES, Democrata-MG, Tupi-MG, Portuguesa-RJ, Resende-RJ e Sampaio Corrêa-RJ.

Noé - Aos 28 anos, Gulherme Noé foi campeão estadual em 2019 pelo Palmas. Ele começou a carreira na base do Corinthians, passou por Tombense-MG, Tupi-MG, Mirassol-SP, Batatais-SP, Caldense-MG, Rio Preto-SP, São Bernardo-SP, Ipatinga-MG, Nacional-SP, entre outros.

Você viu?

Lucas - Já Lucas Praxedes, de 23 anos, era larteral-esquerdo jogou por XV de Jaú-SP, Capivariano-SP, Botafogo-PB, Marília-SP, São José-SP, Marcílio Dias-SC, Coimbra-MG, entre outros.

Marcus Vinicius Molinari Reis - Com apenas 23 anos, era meia e filho de Marinho, ex-atacante do Atlético-MG e chuteira de ouro no futebol brasileiro em 2006 (27 gols). O jovem passou por Villa Nova-MG, Araxá-MG, Tupi-MG, Ipatinga-MG e Tupynambás-MG.

Lucas Meire (Presidente) - O empresário era natural de Goiânia. Morava em Palmas desde 2007, onde se formou em Agronomia. Passou perto de se candidatar a vice-prefeito de Palmas em 2020, mas desistiu por conta de processos judiciais em que estava envolvido em Goiânia.

* Comandante "Wagner" - Ainda não há mais informações sobre o piloto.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários