Lance

Palmeiras x Grêmio
Cesar Greco / Palmeiras
Palmeiras x Grêmio

Em jogo valido pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro , o Palmeiras foi muito bem na primeira etapa, mas tomou o empate e a partida contra o Grêmio terminou em 1 a 1. Raphael Veiga fez no primeiro tempo, e Diego Souza, nos minutos finais da segunda etapa, empatou.

Grêmio desligado e Palmeiras intenso

Com menos de um minuto de jogo, Jean Pyerre errou o passe para trás. Breno Lopes roubou a bola e tabelou com Rony. Livre, o camisa 39 disparou com a bola e tentou devolver para o camisa 11, mas Vanderlei defendeu com os pés e na sequência conseguiu agarrar.

Após a chance inicial, o Verdão seguia agressivo e mostrava uma postura completamente diferente ao que foi visto contra o River Plate. O Imortal tinha dificuldades para sair jogando e não conseguia sair da pressão palmeirense.

Aos 11, Marcos Rocha tabelou e saiu livre na linha de fundo. Ele mandou bola rasteira com perigo, mas o goleiro gremista evitou que a bola cruzasse a área.

Após perder gol inacreditável, Verdão abre o placar

O Palmeiras controlava e teve uma chance de ouro para abrir o placar na metade do primeiro tempo. Breno Lopes arrancou pela direita e cruzou rasteiro. Rodrigues não conseguiu cortar, e a bola chegou limpa para Rony, na linha da pequena área. Completamente sozinho, o atacante do Palmeiras chuta no trave e perdeu um gol incrível.

O alviverde chegava com facilidade, mas não conseguia concluir as jogadas. Willian recebeu na entrada da área e chutou colocado. A bola caprichosamente bateu na trave. Raphael Veiga, de fora da área, e Breno Lopes, pela direita, também tiveram boas chances de inaugurar o placar.

A blitz palmeirense resultou em gol. Aos 32, pela direita, Willian cruzou rasteiro. Viña completou e a bola se ofereceu para Rony, que furou na entrada da pequena área. Mas Raphael Veiga apareceu livre abriu o placar.

O time da casa seguiu criando, e os visitantes contaram com a falta de pontaria alviverde para ir para o intervalo com apenas um gol de desvantagem. O camisa 23 é o artilheiro da era Abel Ferreira, com oito gols, e voltou a marcar após oito jogos.

Você viu?

Grêmio muda a postura na segunda etapa

Na volta do intervalo, o Grêmio voltou mais ligado e começou o segundo tempo atacando o Palmeiras. Aos 5, Pepê fez boa jogada individual e soltou uma bomba de fora da área. A bola foi no meio do gol e Weverton espalmou.

Apesar da melhora gremista, foi o Verdão que chegou perto do gol na segunda etapa. Viña tentou lançar Rony, mas a bola foi muito forte. Mesmo assim, o camisa 11 conseguiu salvar e mandou para a área. De primeira, Willian acertou lindo voleio, obrigando Vanderlei a fazer ótima defesa.

Buscando criatividade no meio-campo, Renato Gaúcho tirou Thaciano e colocou o chileno Pinares. Abel Ferreira sacou Empereur e Rony, para as entradas de Kuscevic e Luiz Adriano, respectivamente.

Se na bola rolando o Grêmio não conseguia causar perigo, a bola parada era a solução. Aos 32, Jean Pyerre cobrou falta da entrada da área. A bola bateu na barreira e passou ao lado da trave.

A situação do Imortal não era boa, e piorou quando Renato Gaúcho foi forçado a tirar Matheus Henrique, lesionado. Maicon, recuperado de um desconforto muscular na panturrilha esquerda, entrou no lugar do camisa 7.

A famosa "lei do ex"

Nos minutos finais, Diego Souza perdeu ótima chance. Num raro momento em que a defesa alviverde estava organizada. Diego Souza foi lançado. Ele fuzilou Weverton, que fez defesa espeacular.

Na sequência, o camisa 29 se redimiu. Após cruzamento de Luiz Fernando, o atacante subiu e mandou a bola na rede, empatando a partida.

Diego Souza quase virou em cobrança de falta, mas Weverton fez novo milagre, evitando a derrota palmeirense.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários