Robinho
Reprodução
Robinho

O contrato entre Santos e  Robinho, condenado pela segunda instância italiana por estupro ,  é válido até o mês de fevereiro deste ano, porém, sua advogada irá se encontrar com o presidente do Santos  para discutir a rescisão.


O presidente Andres Rueda já estaria colocando a situação em pauta junto ao departamento jurídico do time e a advogada Marisa Arija será chamada para reunião no clube.

Você viu?

"O contrato do Robinho vence agora em fevereiro. Já conversamos com ele. Ele já sabe da nossa intenção de romper ou terminar essa relação profissional com o Santos. E isso está com o nosso departamento jurídico para chamar a advogada dele e encerrar essa questão", disse Rueda em coletiva.

O caso do estupro envolvendo o jogador ocorreu em uma boate em Milão, no dia 22 de janeiro de 2013, quando o jogador estava na terceira de suas quatro temporadas no Milan. O crime teria acontecido em conjunto com outros cinco homens. Além de Robinho, seu amigo Ricardo Falco também teve a sua pena mantida pelo crime de violência sexual de grupo.

O caso, porém, ainda não está definido. Os advogados do jogador vão recorrer à Corte de Cassação, tribunal no sistema judiciário do país equivalente ao Supremo Tribunal Federal no Brasil. Só após o processo tramitar nessa terceira instância um acusado pode ser considerado definitivamente culpado.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários