Eduardo Paes
Reprodução: iG Minas Gerais
Eduardo Paes

Depois de decreto liberar os estádios Maracanã, São Januário e Nilton Santos para voltar a receber partidas de futebol com público, com restrições , ainda durante a pandemia do Covid-19, o prefeito do Rio, Eduardo Paes, publicou uma postagem em seus perfis em redes sociais dizendo que a medida será revogada.

"A decisão de liberar os estádios com uma ocupação mínima de 1/10 está correta tecnicamente de acordo com nossa secretaria de saúde. No entanto, obviamente trata-se de medida quase impossível de ser ficalizada. A medida será revogada", diz o texto de Paes.




O retorno aos torcedores às arquibancadas, segundo a regra, seria com restrição. O número de torcedores dependeria da classificação de risco para Covid-19 da região, divulgada toda sexta-feira pelo município.

Assim, se a região do estádio estivesse em risco moderado, o local poderia receber 20% da capacidade e manter afastamento de dois metros entre os torcedores. Se o risco estivesse alto, seria liberado 10%, com três metros de distância para cada um; se fosse risco muito alto, o público não poderia comparecer. 

O último boletim, que foi divulgado no dia 8 de janeiro, trazia 18 bairros com risco alto — caso dos três principais estádios.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários