Estádio
Lance!
Prefeitura definiu que estádios poderão voltar a receber público no Rio

Os estádios Maracanã, São Januário e Nilton Santos poderão voltar a receber partidas de futebol com público ainda durante a pandemia do Covid-19, mas com limitações de público. Pontos turísticos da capital, bem como boates, também passarão a ter novas regras de funcionamento.

As medidas — válidas apenas no município — foram acertadas na noite desta terça-feira (12) em reunião entre os secretários de Saúde do estado, Carlos Alberto Chaves, e da cidade do Rio, Daniel Soranz, e seguem a classificação que a Prefeitura do Rio passou a adotar na semana passada, dividindo o risco de contaminação em moderado, alto e muito alto.

Quase todos os setores estão autorizados a funcionar no caso da classificação de risco muito alto. Mas há exceções, como os estádios de futebol e as boates. Nesta quarta-feira (13), o prefeito Eduardo Paes deve dar mais detalhes sobre as novas regras numa reunião com empresários no Centro do Rio.

Em junho de 2020, o ex-prefeito Marcelo Crivella chegou a liberar público nos estádios de futebol . Em setembro, o governo do estado também chegou a autorizar partidas com torcedores, mas voltou atrás. No entanto, caberá aos clubes e à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) a decisão final sobre o tema.

Confira regras estabelecidas para os setores relacionados aos esportes

  • Estádios e ginásios esportivos

Risco moderado — Limitação a 1/5 da capacidade, distanciamento mínimo de 2 metros entre torcedores e o consumo de bebidas alcoolicas só é permitido nos próprios assentos. Deverá ter um sistema de controle de entrada e saída de público para evitar aglomerações

Você viu?

Risco alto — Limitação a 1/10 da capacidade, distanciamento mínimo de 2 metros entre torcedores e o consumo de bebidas alcoolicas só é permitido nos próprios assentos. Deverá ter um sistema de controle de entrada e saída de público para evitar aglomerações. No caso de estádios menores (até 8 mil lugares), a distânica mínima aumenta para três metros — mas pode ser reduzida se as pessoas forem da mesma família.

Risco muito alto — Competições liberadas, mas sem público.

  • Academias de ginástica, piscinas e centros de treiamento

Risco moderado — Lotação limitada a 2/3 da capacidade. Em caso de atividades coletivas, limitação a 12 participantes, com exceção para atletas de alto rendimento. Estímulo para a realização de atividades ao ar livre. Ampliação de horário de funcionamento.

Risco alto — Lotação limitada à metade da capacidade. Em caso de atividades coletivas, limitação a seis participantes, com exceção para atletas de alto rendimento. Estímulo para a realização de atividades ao ar livre. Ampliação de horário de funcionamento.

Risco muito alto — Lotação limitada a 1/3 da capacidade. Vedada atividades em grupo, exceto para atletas de alto rendimento. Estímulo para a realização de atividades ao ar livre. Ampliação de horário de funcionamento.

    Leia tudo sobre: Futebol

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários