maracanã
Divulgação
Estádios do Rio de Janeiro poderão receber 30% do público

O governador em exercício Cláudio Castro autorizou na última quarta-feira a presença de até 30% de público nos estádios de futebol do estado do Rio de Janeiro. A decisão foi publicada em edição extra do Diário Oficial, e vale somente para os municípios que estejam na bandeira amarela ou verde, ou seja, regiões que apresentam risco baixo para coronavírus.

A publicação indica ainda que para cada estádio deverá ser apresentado um protocolo adequado e validado pelas entidades sanitárias e de segurança locais. O plano deve ser apresentado até 72 horas antes da data de realização da partida e seguir as diretrizes descritas do "Plano de Retorno dos Torcedores aos Estádios de Futebol", elaborado pela CBF.

Entre as recomendações previstas no protocolo, está o distanciamento dos torcedores. Eles deverão respeitar o espaço mínimo de dois metros tanto em cadeiras quanto nas arquibancadas, com exceção dos grupos familiares. O uso de máscara de proteção facial também será obrigatório.

Já os responsáveis pelos estádios precisam garantir o fornecimento de álcool em gel para os torcedores, e realizar a medição de temperatura no momento do acesso, impedindo a entrada de torcedores com sintomas da Covid-19.

As lojas, lanchonetes e bares dos estádios poderão ser abertos de acordo com as orientações sanitárias locais.

O descumplimentos das regras acima pode acarretar aos responsáveis pela realização das partidas advertência e multa de R$ 5 mil, e até a proibição de realização de jogos no local por 15 dias.

    Veja Também

      Mostrar mais