Lewandowski
Reprodução
Lewandowski

Considerado o melhor jogador de 2020, Lewandowski  revelou em um texto publicado no site  "The Players' Tribune" as pessoas marcantes para sua vida e carreira.


O craque citou que, ao receber o prêmio, um filme passou por sua cabeça. Ele relembrou das crianças que sonham em seguir carreira no futebol e não conseguem. Apontou ainda que é difícil de acreditar que chegou onde está hoje.

Relembrou também sobre a figura do seu pai,  Krzysztof , que o ajudava com os treinos e as viagens. O atacante o perdeu aos 16 anos e teve todo apoio de sua mãe para lidar com a perda e com seu início de carreira.

De acordo com Lewandowski , ele também encontrou uma segunda figura paterna no treinador Klopp , quando chegou ao Borussia Dortmund, em 2010. O jogador comparou o treinador como um "professor mal" que exige muito de seus alunos.

Também relembrou ao decorrer do textos suas principais memórias.

"É de manhã cedo e meu pai está me levando a um jogo em algum lugar do outro lado da Polônia, e estamos apenas falando sobre futebol ou sobre a escola ou sobre nada. Estamos sentados no carro juntos e estou olhando pela janela para as árvores que passam, apenas ansioso para outra partida. O que eu vou fazer. Como vou marcar. Como vai ser tudo. Futebol. É isso aí. Essa é a memória. A melhor memória", finalizou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários