Centurion
Instagram
Centurion

Terceiro colocado do Grupo 6 da Superliga Argentina, o Vélez Sarsfield  foi destaque negativo no noticiário local após a denúncia de abuso sexual sofrida por uma mulher, de 28 anos, numa festa organizada pelos jogadores do clube em meio à pandemia do novo coronavírus . Vale lembrar que o clube é pioneiro, assim como o San Lorenzo, ao colocar "cláusula de gênero" no contrato dos jogadores .

Juan Martin Lucero, Thiago Almada, Miguel Brizuela e Ricardo Centurión , ex-atacante do São Paulo , foram mencionados pela vítima. Nenhum deles foi identificado como o abusador, porém, a mulher afirmou que os jogadores foram cúmplices. Ela alega ainda que teve seus pertences roubados, como o telefone celular. 

A acusação foi formalizada na Delegacia da Mulher de San Isidro, em Buenos Aires, na madrugada de quinta para sexta-feira. De acordo com o diário 'Olé', o atacante Lucero foi o responsável pela locação da casa que sediou a festa num condomínio da região nobre da cidade.

O clube argentino se pronunciou oficialmente após a grave denúncia e garantiu que os quatro jogadores mencionados pela vítima prestarão depoimentos para esclarecer os fatos da grave denúncia. “A instituição se colocou imediatamente à disposição da vítima por esse feito grave, assim como também se colocou à disposição da Justiça”, disse o clube, em comunicado. 

Brizuela, Centurión, Almado e Lucero não foram relacionados pelo clube para o confronto com o Patronato, neste sábado, Campeonato Argentino.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários