Dudu
Divulgação
Dudu

A saída de Dudu do Palmeiras para o Al Duhail, do Catar, não teve a ver apenas com a parte financeira, mas, também, com  um suposto caso de agressão cometido pelo jogador contra a sua ex-esposa .

Entretanto, um laudo pericial feito pelo Instituto de Criminalística de São Paulo concluiu que não há provas o suficiente para comprovar as acusações de agressão feitas por Mallu Ohana ao jogador, e que teriam ocorrido em junho deste ano. A informação é do UOL.

A análise leva em conta os vídeos do sistema de segurança do condomínio do atacante , entre eles, uma que mostra que  a ex-esposa deu uma colovelada no jogador.

Na mesma perícia o laudo aponta que não há nenhum indício de edição de vídeo e que as imagens não foram tiradas de contexto, como defendia a advogada da ex-mulher de Dudu. Além disso, aponta que não há nenhuma marca no corpo de Mallu que comprove uma agressão.

O documento, que conta com 258 páginas, conclui assim que Dudu, na verdade, foi agredido e não agrediu ninguém. "Mallu adentrou no veículo desferindo golpes, com as duas mãos, contra Eduardo, em seguida se sobrepôs a ele, onde permaneceu golpeando-o. Num momento de distração de Mallu, Eduardo adentra no veículo, entretanto Mallu percebendo tal fato, a tempo, vem a adentrar juntamente com ele, porém já desferindo com as duas mãos, diversos golpes contra o mesmo", descreve o documento

Com as perícias concluídas, a delegada responsável pelo caso vai ouvir mais uma vez Mallu Ohana e, assim, emitirá um relatório final do caso.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários