Romero
Instagram
Romero

O atacante Romero, ex- Corinthians , foi destaque no empate entre Argentina e Paraguai , não só por marcar o gol da sua seleção, mas por um lance polêmico. 

Após uma joelhada do paraguaio, o argentino Exequiel Palacios acabou sofrendo uma fratura na vértebra da região lombar. “O jogador sofreu um trauma direto na região paravertebral lombar esquerda, constatando uma fratura dos processos transversos da coluna lombar. Ele permanecerá internado para acompanhar sua evolução”, disse a nota oficial argentina.

Pela entrada, Romero recebeu cartão amarelo e muitas críticas. Donato Villani , chefe do departamento médico da AFA, detonou a postura do paraguaio na jogada, que lembrou muito a de Zúñiga em Neymar , na Copa do Mundo de 2014, no Brasil.

"Foi uma atitude excessiva e desonesta. Totalmente fora de cabimento. A situação de Palacios poderia ter sido pior do que foi, embora Exequiel ainda deve ficar entre dois e três meses sem jogar. Nos próximos dias receberá terá alta e irá para a casa dos familiares”, afirmou Donato Villani, chefe do departamento médico da AFA. Já o empresário de Palacios, Renato Corsi, afirmou que “houve má-fé”.

Apesar das diversas críticas, o jogador foi absolvido pela arbitragem. No vídeo divulgado pela Conmebol sobre a análise da jogada, a arbitragem comandada pelo brasileiro Raphael Claus entendeu que o ex-Corinthians foi para a jogada para se proteger. Apenas o cartão amarelo foi aplicado. "Foi mais de proteção. Ele faz o voo e mais se protege de um choque e acaba atingindo as costas do adversário. Ok? Não necessita revisão”, disse o árbitro que estava com o recurso do vídeo para Claus.

Palacios foi direto para hospital em Buenos Aires e ainda se encontra internado até o momento.


    Veja Também

      Mostrar mais