Lance

grêmio x são paulo
Rubens Chiri/saopaulofc.net
Matheus Henrique, meio-campista do Grêmio, e Luciano, atacante do São Paulo, durante empate em 0 a 0 no Morumbi neste sábado (17)

Além dos jogadores, a diretoria do Grêmio não ficou nada satisfeita com o desempenho da arbitragem na partida diante do São Paulo, no último sábado (17), que terminou em 0 a 0 no Morumbi.

Tamanha é a insatisfação que, além das palavras do vice-presidente de futebol Paulo Luz falando em "tomar uma posição muito dura, contundente, veemente", o  Grêmio se pronunciou em comunicado oficial onde informou que irá formalizar o pedido de anulação do confronto.

Além da anulação, o Tricolor gaúcho pedirá maiores investigações sobre a reunião realizada na CBF onde foi decidida pela troca de Rodolpho Toski Marques por Elmo Alvez Resende Cunha no comando do VAR.

Troca essa, aliás, apontada como sendo resposta a uma pressão feita pelo São Paulo nos bastidores devido a arbitragem de Rodolpho no jogo dos paulistas frente ao Fortaleza pela Copa do Brasil.

Nota do Imortal sobre pedido de anulação de São Paulo x Grêmio


Na manhã deste domingo, em face à arbitragem desastrosa e danosa do jogo contra o São Paulo, ocorrido na noite de ontem, após a concessão da troca do quadro arbitral, o Presidente Romildo Bolzan Jr comunica que pedirá a anulação da partida, bem como investigação da reunião realizada entre membros da CBF com a parte arbitral que motivou a mudança na escala do árbitro do VAR.

"Equívocos, descritérios, erros e a omissão do VAR em lances capitais da partida colocam a arbitragem brasileira sob suspeição."

O São Paulo ainda não se posicionou oficialmente sobre a questão até a publicação desta reportagem.

    Veja Também

      Mostrar mais