O Ministério das Comunicações pediu autorização à CBF para que a TV Brasil transmita o jogo entre a seleção brasileira e o Peru, na noite desta terça-feira, já que a Rede Globo não chegou um acordo pelos direitos

O pedido teria partido do secretário-executivo do Fabio Wajngarten, no entanto, os direitos de transmissão do jogo, que ocorre em Lima, pertencem à Federação Peruana de Futebol, que os negociou com uma empresa de mídia.

"Uma Nação apaixonada pelo futebol ficará sem ver hoje a Seleção jogar contra o Peru, pelas Eliminatórias. O jogo será transmitido apenas pela TV fechada. Em conversa há pouco com a direção da CBF, pedi autorização para a TV Brasil transmitir a partida. Vamos torcer", escreveu Wajngarten em uma rede social.

Vale lembrar que a Lei Pelé, de 1998, Em seu artigo 84, determina que "todos os jogos das seleções brasileiras de futebol, em competições oficiais, deverão ser exibidos, pelo menos, em uma rede nacional de televisão aberta, com transmissão ao vivo, inclusive para as cidades brasileiras nas quais os mesmos estejam sendo realizados". Esse trecho foi incluído por uma lei de 2000.

No Brasil, a partida só poderá ser vista no streaming. O EI Plus, plataforma da empresa americana Turner, comprou os direitos de transmissão do duelo. A assinatura do serviço, que também exibe Champions League, Liga das Nações e alguns jogos do Campeonato Brasileiro, custa R$ 19,90 por mês ou R$ 13,90 no plano anual.

Será a primeira vez desde junho de 2017 que uma partida da seleção brasileira não terá transmissão do Grupo Globo. Os jogos da terceira e quarta rodadas, nos dias 12 e 17 de novembro, ainda seguem abertos. O primeiro contra a Venezuela está garantida na Globo. Mas o confronto com o Uruguai, que será realizado cinco dias depois, em Montevidéu, ainda não tem exibição definida.

    Veja Também

      Mostrar mais