Antes do Brasil entrar em campo  e com possibilidade de recorde para Neymar , será a vez da rival Argentina buscar mais três pontos nas Eliminatórias para a Copa do Mundo do Catar 2022 .

Comandados por Lionel Messi, os hermanos enfrentam hoje, às 17 horas, a Bolívia, que foi goleada pela seleção canarinho na primeira rodada. O jogo terá a transmissão no EI Plus, plataforma de streaming esportiva.

O estádio, porém, não traz boas recordações ao craque do Barcelona. Foi justamente no Hernando Siles, em La Paz, em 2009, que a Argentina perdeu por 6 a 1 para a Bolívia, com o camisa 10 em campo.

Depois, Messi voltou a La Paz em 2013 e novamente não conseguiu levar a Argentina a uma vitória, com a partida terminando empatada por 1 a 1. Foi lá ainda que o jogador protagonizou uma cena que rodaria o mundo posteriormente, ao vomitar no gramado diante da altitude de 3,6 mil metros. 

A Argentina também não costuma se dar bem jogando sob os domínios bolivianos. Desde que as eliminatórias assumiu o atual formato, a equipe só venceu a Bolívia em La Paz uma vez em seis jogos: em 2005, por 2 a 1.

Para piorar, os hermanos, mais uma vez, não terão o atacante Dybala em campo. Ausente na estreia, na vitória por 1 a 0 contra o Equador , o atacante da Juventus não se recuperou de um problema gastrointestinal e nem viajou com a seleção.

Apesar de ambos os técnicos fazerm mistério com a escalação, o time de Lionel Scaloni deve vir a campo com Franco Armani; Gonzalo Montiel, Lucas Martinez Quarta, Nicolas Otamendi, Nicolas Tagliafico; Exequiel Palacios, Leandro Paredes, Marcos Acuna; Lionel Messi, Alejandro Gomez; Lautaro Martinez .

Já a Bolívia, apesar da dura derrota contra o Brasil , quer fazer valer o fator casa, levando a campo Carlos Lampe; Jesús Manuel Sagredo Chávez, Gabriel Valverde, Luis Eduardo, Jose Sagredo; Bruno Miranda, Paul Arano, Carlos Áñez, Cristhian Árabe, Jhasmani Campos; César Menacho.

    Veja Também

      Mostrar mais