Lance

Orlando Rollo, presidente do Santos
Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC
Orlando Rollo, presidente do Santos


O Santos está oficialmente livre da punição junto a Fifa que impedia que a equipe inscrevesse novos jogadores. Conforme o LANCE! havia antecipado nesta quinta-feira (08), o Peixe chegou a um acordo com o Hamburgo (ALE) para que a ação referente a dívida pela contratação do zagueiro Cléber Reis, ainda em 2017, fosse suspensa.

- Temos uma grande notícia para a nação santista. Fomos comunicados pela Fifa, nesta manhã, que o transfer ban referente a dívida com o Hamburgo, que foi acertada, já está cancelada - disse Orlando Rollo, presidente do Santos, em trecho publicado nas redes sociais do clube.

De acordo com o mandatário santista, o Departamento Jurídico do Peixe tem se movimentado para registrar os jogadores que já tem acertado, como o zagueiro Laércio, que veio do Caxias.

- Nosso Departamento Jurídico está correndo para registrar atletas que já estavam treinando com o elenco, mas não podiam ser inscritos por causa da punição.


Embora tenha chego a um acordo com o Hamburgo (ALE), o Peixe ainda não saldou as pendência que possui com os germânicos. Com juros e multa a dívida era de 4,5 milhões de euros, mas a equipe alemã topo a redução para 3,1 milhões, sendo 2,5 milhões de euros já pagos, mais 600 mi euros que serão parcelados em três vezes, com previsão de pagamento para dezembro de 2020, fevereiro e março de 2021. O candidato à presidência do Santos , Andrés Rueda emprestou 1,5 milhão de euros para o pagamento inicial, já o outro milhão já estava nos cofres santista, devido a recente venda do zagueiro Jackson Porozo ao Boavista (POR) e destravamento de recursos junto a CBF e Federação Paulista de Futebol.

    Veja Também

      Mostrar mais